Olhar Direto

Segunda-feira, 06 de dezembro de 2021

Notícias | Cidades

Pane em decolagem

Passageiro relata desespero durante evacuação de voo da Azul em Cuiabá; pelo menos oito feridos

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Passageiro relata desespero durante evacuação de voo da Azul em Cuiabá; pelo menos oito feridos
O guarda municipal da cidade de Várzea Grande, Osly Justiniano Pedraca, relatou ao Olhar Direto os momentos de desespero que viveu durante a evacuação do voo da Azul (AD 2751), com 132 passageiros, que seguia para a cidade de Guarulhos (SP) e teve uma pane durante a decolagem. As saídas de emergência foram abertas e pelo menos oito pessoas ficaram feridas durante a saída. Uma mulher pulou de uma altura considerável e quebrou a perna.

Leia mais:
Avião da Azul tem pane antes da decolagem em Cuiabá e passageiros são evacuados por saída de emergência; vídeo

Osly estava seguindo com o filho para um campeonato de jiu-jitsu, quando houve o problema. "Até a saída, estava tudo normal. Algumas pessoas no fundo da aeronave relataram ter sentido um cheiro forte. Mas o avião foi para a ponta da pista e iniciou a decolagem, já estava em uma velocidade considerável, quando, do nada, freou brucasmente, como se fosse um carro tentando evitar uma batida".

"Do nada, apareceu a aeromoça, que começou a gritar: 'corre, corre, só temos nove segundos'. Foi então que todo mundo desesperou, as pessoas se levantaram, quase que pisando umas em cima das outras. Eu estava na saída de emergência e tive que ajudar a abrir a saída. A gente nunca acha que vai precisar, até brinquei com a aeromoça de que não conseguiria", completou o guarda-municipal.

Osly ainda explica que várias pessoas que desceram pela rampa, na parte de trás, acabaram sendo empurrados e jogados ao chão com o vento da turbina, que ainda estava em funcionamento. "Eu sai margeando a asa do avião, mas muitos correram, em desespero, e acabaram rolando de cinco a dez metros".

Uma mulher, que pulou da altura da aeronave, ao invés de descer pelo escorregador, caiu de joelhos e teve fratura exposta, segundo o GM. Ela foi encaminhada para o Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande, para onde também foram outros oito passageiros.

Osly reclamou do tempo de resposta das equipes de resgate. "Demorou muito. Só depois de 20 minutos que chegou um veículo do aeroporto. Fica o alerta para o pessoal, porque sempre fazemos exercícios aqui, mas a demora foi excessiva, graças a Deus que não aconteceu nada".

Por conta do fato, o aeroporto ficou lotado. Alguns voos acabaram impactados também, já que a aeronave estava na pista.

Em nota, a Azul Linhas Aéreas explicou que "o voo AD2751 (Cuiabá-Guarulhos) teve sua decolagem abortada após a identificação de uma pane na aeronave, tendo o comandante do voo realizado o procedimento padrão previsto para esse tipo de situação. Os Clientes evacuaram a aeronave por meio das saídas de emergência do avião".

"A Azul destaca que está prestando todo o apoio necessário aos Clientes, lamenta o ocorrido e reforça que ações como essa são necessárias para garantir a segurança de suas operações", finaliza a nota.


Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet