Olhar Direto

Quarta-feira, 29 de junho de 2022

Notícias | Cidades

Temor da Ômicron

Passaporte da vacina será exigido em casas de shows, cinemas e hospitais de Cuiabá; veja lista

Foto: Reprodução/Ilustração

Passaporte da vacina será exigido em casas de shows, cinemas e hospitais de Cuiabá; veja lista
A Prefeitura de Cuiabá publicou, no Diário Oficial do Município, que circula nesta quinta-feira (02) os detalhes da exigência do chamado ‘passaporte da vacina’ para a entrada em alguns dos estabelecimentos da capital mato-grossense. Em alguns casos, a entrada será permitida mediante a apresentação de um teste negativo (RT-PCR).

Leia mais:
Prefeitura de Cuiabá proíbe réveillon e Carnaval e vai decretar 'passaporte da vacina'
 
Ficou determinada a necessidade de apresentação do passaporte da vacina (duas doses ou dose única) ou de um teste negativo de Covid-19 (RT-PCR) realizado no período máximo 48 horas para ingresso nos seguintes locais:
 
I - Estádios e ginásios esportivos;
II - cinemas, teatros, museus, salões de jogos;
III – casas de shows e apresentações artísticas em geral;

 
O decreto versa ainda que deverá ser apresentada a comprovação de imunização contra a Covid-19, desta vez sem a possibilidade de teste negativo, para ingresso e permanência nos seguintes locais:
 
I - Hospitais e Unidades de Saúde, públicos e privados em geral;
II - Todos os demais órgãos públicos municipais;

 
Vale lembrar que a vacinação a ser comprovada corresponderá a 2ª dose ou a dose única conforme o caso. Segundo a prefeitura, as medidas o poderão ser objeto de alteração, considerando o monitoramento da evolução da Covid-19 no município.
 
De acordo com o prefeito, vinte mil pessoas com mais de 18 anos não foram se vacinar, 57 mil não tomaram a segunda dose, e 33% dos adolescentes de 12 a 17 anos também não receberam nenhuma dose. Por este motivo, ele determinou o "passaporte".
 
"Mais do que nunca mostrando a preocupação nossa, a certeza nossa de que a imunização é a única forma de vencermos a Covid-19, e a preocupante taxa de que mais de vinte mil pessoas acima de dezoito anos não se vacinaram ainda. Cinquenta e sete mil pessoas acima de dezoito anos não tomaram acima da dose ainda. E 33% por cento dos adolescentes de 12 a 17 anos não foram imunizados”, pontuou.
 
"Eu quero que as 57 mil pessoas que não tomaram a segunda dose vão tomar a segunda dose, as vinte mil que não tomaram nenhuma dose, vão tomar as duas doses, quero universalizar a vacinação dos jovens, dos adolescentes", finalizou o prefeito.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet