Olhar Direto

Domingo, 07 de agosto de 2022

Notícias | Política MT

CELEUMA DOS MODAIS

Após confirmação de secretário carioca, Mauro nega que tenha tentado vender vagões do VLT: "tem muita fofoca por aí"

24 Mai 2022 - 11:15

Da Redação - Lázaro Thor Borges / Do Local - Érika Oliveira

Foto: Rogério Floretino/Olhar Direto

Após confirmação de secretário carioca, Mauro nega que tenha tentado vender vagões do VLT:
O governador Mauro Mendes (União Brasil) negou que tenha tentado vender os vagões do VLT. A informação foi confirmada ao Olhar Direto pelo secretário de Infraestrutura do Rio de Janeiro, Sérgio Luiz de Souza Arraes, que afirmou ter ocorrido negociações para venda dos vagões.

Leia mais:
Tebet faz elogios a governador mas admite chance remota de ter apoio de Mauro à Presidência

No entanto, segundo o governador, estas trativas nunca existiram. Mendes reiterou que o governo entrou com processo judicial para que o próprio Consórcio VLT venda os vagões. Mauro disse que como a empresa cometeu corrupção e o contrato foi rescindido pela Justiça seria ela a responsável para vender o modal e posteriormente indenizar o estado com esse valor. 

“Tem 0 de fundamento, 0 ao cubo, 0 ao quadrado, nós entramos com ação na Justiça, esses vagões não são do Estado de Mato Grosso, nós entramos com ação na Justiça dizendo: ‘leve isso embora, isso é de vocês e devolva meu dinheiro de volta’, então o governo não está negociando com ninguém para vender vagões, quem falar diferente disso está conversando fiado”, afirmou Mauro, nesta terça-feira (24)

“Nós não compramos vagões, nós compramos um sistema de transporte coletivo funcionando e eles não entregaram isso, eles deram causa à rescisão contratual, eles tem que indenizar o estado, devolva o dinheiro”, afirmou. “Mato Grosso se planta muita soja, muito milho, mas também tem muita fofoca por aí também”, completou.

Mauro anunciou a troca do VLT pelo BRT em dezembro de 2020, neste mês, no entanto, o Tribunal de Contas da União (TCU), atendendo pedido da Prefeitura de Cuiabá, suspendeu o trâmite e a construção do novo modal em Cuiabá e Várzea Grande.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet
x