Olhar Direto

Terça-feira, 16 de agosto de 2022

Notícias | Cidades

OPERAÇÃO FACÍNORAS

Dois são presos por envolvimento em morte de funcionário de fazenda; suspeito confessou crime

Foto: Reprodução

Mandados foram cumpridos em Campo Verde, onde homicídio aconteceu em 14 de maio

Mandados foram cumpridos em Campo Verde, onde homicídio aconteceu em 14 de maio

Dois funcionários de uma fazenda, de 22 e 31 anos, foram presos temporariamente em Campo Verde (a 135 km de Cuiabá), na manhã dessa segunda-feira (27), por suspeita de envolvimento na morte de Geraldo dos Santos, de 56, encontrado morto com marcas de tiro no corpo em uma propriedade rural da cidade. 

Leia também 

Pai que foi preso acusado de estuprar a filha dizia que era seu "direito" cometer abusos

Além das duas prisões, a operação "Facínoras" também cumpriu quatro mandados de prisão e de busca contra alvos investigados pelo homicídio, que aconteceu em 14 de maio. Geraldo era encarregado de uma fazenda em Campo Verde. 

Também foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão na casa dos dois suspeitos presos. Durante a operação, um deles resistiu à prisão e tentou avançar contra a equipe policial. 

Foram apreendidas duas armas de fogo e aparelhos celulares que serão periciados pela Politec.

Um dos investigados preso confessou o crime e apontou o local onde estava a arma que teria sido utilizada no crime. Os policiais civis localizaram a espingarda calibre 36 desmontada e uma caixa com 20 munições intactas e quatro deflagradas escondidas em uma área de mata da propriedade rural. 

Os mandados de buscas e de prisão foram deferidos pelo juízo da 3ª Vara Criminal de Campo Verde e o cumprimento coordenado pelos delegados Philipe de Paula Pinho, de Campo Verde, e Frederico Murta, da GCCO. 

De acordo com o delegado de Campo Verde, Philipe Pinho, a apuração apontou elementos informativos que colocam os dois investigados como os suspeitos do homicídio. Diligências realizadas na fazenda logo após o crime não localizou uma das armas que ficavam guardadas na propriedade, sob responsabilidade da vítima. 

Com a prisão dos dois suspeitos, a Polícia Civil espera esclarecer pontos da investigação e a motivação do homicídio.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet
x