Olhar Direto

Segunda-feira, 22 de julho de 2024

Notícias | Cidades

recomenda internação

Laudo aponta esquizofrenia em homem que matou agente de saúde e esfaqueou médica grávida

Foto: Reprodução

Regy, Jaqueline e Antônio

Regy, Jaqueline e Antônio

Perito oficial médico legista apontou que Antônio Anderson Ferreira Lima, de 34 anos, é portador de esquizofrenia e recomendou que o acusado seja submetido ao regime de internação. Antônio foi denunciado pelo morte da  agente de saúde Regy Rouse Lopes de Oliveira, de 51 anos, e tentativa de homicídio contra a médica Jaqueline Matos da Croce, de 31 anos, no mês de agosto de 2022, em Primavera do Leste (334 km de Cuiabá).


Leia também
Médica de postinho levou quatro facadas de agressor e irmão rebate justificativa de "mal atendimento"


Conforme o laudo pericial, Antônio morava no estado do Pará e já apresentava sinais de ser portador de esquizofrenia há cerca de quatro anos, como delírios e alteração no comportamento.

Em conversa com o perito, o denunciado afirmou que a agente de saúde e a médica seriam agentes do governo disfarçados. Disse ainda que a equipe tinha a intenção de prejudicá-lo e fazer dele "uma cobaia".

"Doutor, eles estão disfarçados, mas eu sei e sinto quem são. Eles se disfarçam de médicos, advogados e outras coisas. Me fizeram parar meu curso, fizeram eu ser demitido do emprego e estão sempre me vigiando. Eles estão me estudando e não sei mais o que querem de mim", relatou Antônio aos peritos.

Foi apontado que Antônio seria incapaz de entender o caráter ilícito dos seus atos sendo assim recomendado a internação dele em um hospital de custódia para tratamento dos sintomas psicóticos.

Relembre o caso

O fato aconteceu no dia 25 de agosto de 2022, em uma unidade básica de saúde. No dia do crime, Jaqueline estava realizando um atendimento no consultório, quando Antônio chegou.

Após atender um paciente, Antônio invadiu o local e desferiu várias facadas no abdômen da médica, que a época estava grávida de 5 meses.

Uma testemunha conseguiu intervir e jogou uma mesa na direção do suspeito, que conseguiu correr. Na fuga, ele ainda atingiu a agente de saúde Regy com uma facada no tórax. Regy não resistiu aos ferimentos e morreu durante a cirurgia.

Já Jaqueline foi encaminhada para uma unidade médica onde realizou alguns procedimentos cirúrgicos e foi liberada após alguns dias.
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet