Olhar Direto

Segunda-feira, 22 de abril de 2024

Notícias | Cidades

INVESTIMENTO DE R$ 170 MI

Queremos fortalecer as comunidades e dar oportunidade aos jovens, diz vice-embaixadora do Reino Unido

Queremos fortalecer as comunidades e dar oportunidade aos jovens, diz vice-embaixadora do Reino Unido
Mato Grosso recebeu cerca de R$ 170 milhões após renovar parceria com os governos britânico e alemão nesta segunda-feira (10). O projeto faz parte da segunda fase do do Programa REM MT (REDD for Early Movers ou REDD para Pioneiros) que busca investimentos em projetos na área ambiental. A nova fase deve abranger comunidades tradicionais do estado, dar oportunidades à população jovem e abrir discussões sobre a participação das mulheres nos empreendimentos e violência.


Leia também
Estado renova parceria e garante R$ 170 milhões em recursos internacionais para preservação do meio ambiente


O REM foi criado pelo Governo da Alemanha em 2012 e atualmente, em Mato Grosso, conta com o apoio financeiro da própria Alemanha e do Reino Unido. Parceiro de Mato Grosso no REM MT desde 2018, o governo britânico vai contribuir com mais 15 milhões de libras, sendo o equivalente a R$ 91 milhões, para a segunda fase do Programa REM no estado.

O Reino Unido disponibiliza os recursos por meio da Secretaria para Segurança Energética e Net Zero (DESNZ).

Em conversa com o Olhar Direto, a vice-embaixadora e encarregada de negócios do Reino Unido, Melanie Hopkins, afirmou que a renovação do programa com o Estado se deve aos bons resultados da primeira fase. Com isso, a ideia do projeto é fortalecer ações nas comunidades e manter a redução do desmatamento.

"A ideia é fortalecer ações nas comunidades para diminuir o desmatamento, mas ao mesmo tempo a coisa mais importante é aumentar as rendas para as comunidades, mas se a gente não olhar muito bem a parte econômica, não vamos ter as soluções sustentáveis", afirmou.

Segundo Melanie, os principais focos da segunda fase do REM serão nas questões de gênero e das comunidades tradicionais, como os quilombos. 

"Temos que criar mais oportunidade para os jovens de ver as possibilidades que tem na comunidade. Então a ideia é de fortalecer as comunidades a gerenciar isso. A gente sabe que são as comunidades que sabem melhor gerenciar isso. Mas outra vantagem desse tipo de programa é que propõe uma articulação entre os parceiros internacionais e o governo federal", reforçou.

Melanie Apontou ainda que a variedades de biomas em Mato Grosso também cria um atrativo para o investimento em sustentabilidade.

"Aqui tem uma diversidade de biomas, em primeiro lugar, mas também o fato que o estado é um estado importante no setor da equilibridade. Então, estes dois fatores fazem que o Estado seja um estado estratégico para nós", pontuou.


Já o governo alemão, por meio do Ministério de Cooperação Econômica e Desenvolvimento (BMZ), se comprometeu a aplicar R$  15 milhões de euros, sendo cerca de R$ 80 milhões adicionais. O gerente do Portfólio do Departamento de América Latina e Caribe do Banco de Desenvolvimento alemão KfW (Kreditanstalt für Wiederaufbau), Klaus Köhnlein, contou que Mato Grosso apresentou bons resultados com os recursos enviados ao estado. 

Para Klaus, diante dos recursos ofertados, as comunidades conseguem obter melhorias na qualidade de vida e na economia fazendo uma conciliação com o manejo sustentável.

"E o principal objetivo é manter a floresta tropical em pé. E com isso, com o recurso que chegou, que são pagamentos por resultados, criar um que a gente chama de repartição de benefícios, que o dinheiro não fique com o estado, mas ele está sendo investido em atividades da bioconomia, com comunidades quilombolas, com territórios indígenas. O nosso objetivo principal é que o recurso chegue nos territórios, nas comunidades e melhore as condições de vida.", afirmou.

Programa REM

Desde que foi implantado, em 2019, o programa disponibilizou R$ 247 milhões para Mato Grosso. A primeira etapa do programa já executou 90% dos recursos, em quatro subprogramas: Agricultura Familiar e de Povos e Comunidades Tradicionais; Territórios Indígenas; Produção, Inovação e Mercado Sustentáveis; e Fortalecimento Institucional e Políticas Públicas Estruturantes.
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet