Olhar Direto

Sexta-feira, 12 de abril de 2024

Notícias | Política MT

RUSGAS NO PARTIDO

Mauro prefere não adiantar sobre o futuro de Botelho no União: 'quem tem que dizer se vai sair ou não, não sou eu'

27 Nov 2023 - 11:27

Da Redação - Rafael Machado/ Do local - Max Aguiar

Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

Mauro prefere não adiantar sobre o futuro de Botelho no União: 'quem tem que dizer se vai sair ou não, não sou eu'
O presidente do União Brasil em Mato Grosso, governador Mauro Mendes, disse que o possível anúncio sobre a saída ou não do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho, do partido, vai ser feita pelo parlamentar e não por ele.


Leia também
Republicanos aguarda decisão do União para retomar conversas com Botelho sobre 2024

Desde que chegou de viagem à Ásia, Mauro comentou que se reuniu duas vezes com Botelho para tratar sobre o tema, no entanto, preferiu não dizer quais foram os resultados desses encontros.

“Conversamos um pouco sobre isso, mas a conversa é entre eu e o Botelho ou as pessoas que estiveram na reunião. Eu não vou tratar esse assunto pela imprensa, mandando um recado pra ele ou recebendo um recado. Política se faz olho a olho, corpo a corpo, com os argumentos que podem ser colocados na mesa. Mas ele vai sair ou não? É ele quem tem que dizer se vai sair ou não, não sou eu”, enfatizou durante entrevista à imprensa na manhã desta segunda-feira (27).

Botelho deve anunciar no início do mês qual será seu futuro político, permanecer no União e lutar para vencer a queda de braço com o secretário-chefe da Casa Civil, Fábio Garcia, para encabeçar a candidatura da sigla a prefeito de Cuiabá ou migrar para o PSD. Ele comentou que só trataria do assunto após reunião com o presidente estadual do União e que até o final deste ano anunciaria o resultado.

Ao ser questionado se teme que a saída possa enfraquecer o partido, Mauro destacou que sua prioridade no momento é governar o Estado e que apenas aceitou o desafio de presidir no União Brasil no sentido de ajudar na organização.

“Apesar de ser o presidente da União Brasil, a minha prioridade é governar o Estado, entregar resultado para a população. Eu não vou deixar de colocar isso como prioridade. Estou como presidente do partido para contribuir com a organização da qual eu faço parte. Entretanto, a minha prioridade é cuidar de Mato Grosso e fazer com que o governo funcione bem e que a política dê resultado para o cidadão”, disse.
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet