Olhar Direto

Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

Notícias | Cidades

EXECUÇÃO NO BOSQUE DA SAÚDE

"Frio e traiçoeiro", diz delegado sobre atirador que matou advogado a tiros em picape

Foto: Olhar Direto

Roberto Zampieri no detalhe

Roberto Zampieri no detalhe

O delegado Nilson Farias, da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), afirmou que o responsável pelo assassinato do advogado Roberto Zampieri, no bairro Bosque de Saúde, em Cuiabá, agiu de forma fria e traiçoeira ao matar o jurista a tiros enquanto ele estava em frente ao escritório.

Leia também
Delegado deve pedir quebra do sigilo telefônico de advogado assassinado a tiros em Cuiabá

Assassinato de advogado em Cuiabá pode ter sido crime encomendado, diz delegado

De acordo com as informações da autoridade policial, a hipótese é de que o atirador tenha estudado a rotina de vida do advogado. Na terça-feira (05), data em que o jurista foi morto, o criminoso aguardou a vítima embaixo de uma árvore por aproximadamente uma hora.

Quando Roberto saiu do escritório e entrou na picape Fiat Toro, ele é surpreendido pelo atirador que efetuou pelo menos dez disparos contra ele. Na ocasião, o jurista estava com R$ 11 mil no bolso.

"De forma preliminar e pela experiência que tenho como delegado de polícia, a princípio se trata de uma execução pela forma fria onde ele espera de forma calma do outro lado da rua e quando a vítima sai do escritório, entra no carro, ele (atirador) se aproxima e não demonstra nenhum tipo de afobamento ou desespero", apontou o delegado.

A ação do criminoso foi registrada por câmeras de segurança instaladas em prédios residênciais. Nas gravações, é possível visualizar o atirador com uma caixa usada para tentar camuflar o armamento e abafar o som dos tiros. O objeto foi encontrado em frente a outro escritório de advocacia que fica nas proximidades.

"Ele utiliza uma caixa de isopor em sua mão, efetua os disparos pelo lado do carona exatamente para não dar nenhum tipo de chance de defesa para essa vítima. Foi um crime realmente de forma covarde, feito de forma traiçoeira e provavelmente a mando de alguém", ressaltou Nilson.

A Polícia Civil está colhendo imagens dos circuitos de segurança dos arredores para tentar montar a rota de fuga do atirador. A hipótese de que ele tenha tido ajuda de comparsas também está sendo apurada pelo delegado e investigadores.
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet