Olhar Direto

Sábado, 18 de maio de 2024

Notícias | Variedades

Destinos mais visitados do mundo, segundo a National Geographic

Foto: Reprodução

Destinos mais visitados do mundo, segundo a National Geographic
À medida que o mundo se recupera da devastação causada pandemia, o turismo internacional está a ressurgir. De acordo com o último Barômetro do Turismo Mundial da Organização Mundial do Turismo (OMT), as viagens internacionais estão prestes a atingir 90% dos níveis pré-pandemia até o final de 2023.


Aproximadamente 975 milhões de turistas viajaram internacionalmente entre janeiro e setembro deste ano – o que representa um aumento de 38% em relação ao mesmo período de 2022. No geral, o turismo recuperou 87% dos níveis anteriores à pandemia entre janeiro e setembro de 2023.

Neste contexto, a National Geographic já havia revelado, no primeiro semestre do ano, os destinos mais visitados do mundo atualmente.

No topo do ranking está a França, que acolheu 89 milhões de turistas internacionais, de acordo com o último relatório da OMT. A capital, Paris, com a sua icônica Torre Eiffel e a sua rica cultura, é um ímã para os viajantes, mas todo o país oferece surpresas fantásticas aos seus visitantes.

A Espanha aparece em segundo lugar na lista, com 84 milhões de chegadas internacionais. Cidades como Barcelona e Madrid são destinos populares e a diversidade de paisagens, desde praias a montanhas, torna Espanha absolutamente atraente.

Com a sua diversidade geográfica e cultural, a terceira posição é ocupada pelos Estados Unidos, que acolheram 79 milhões de visitantes internacionais. Nova York é a cidade mais visitada, com 56 milhões de turistas em 2022, segundo a NYC & Company (agência de promoção turística da cidade).

A China ocupa o quarto lugar, com 66 milhões de turistas internacionais em 2019. Destinos como Hong Kong e Macau são populares, oferecendo história, cultura, atrações urbanas, infraestrutura turística impecável e paisagens deslumbrantes.

A Itália atraiu 65 milhões de turistas internacionais com sua rica história, arquitetura e belezas naturais. Cidades como Roma, Milão, Florença e Veneza são destinos preferidos, mas as ilhas italianas também são bastante procuradas, como Sicília e Sardenha.

Segundo o último ranking da OMT, a Turquia ganhou espaço como destino turístico, atraindo 51 milhões de turistas em 2019, 12% a mais em relação ao ano anterior. Istambul é um destaque com sua arquitetura impressionante e a icônica Mesquita Azul. Foi o país que mais cresceu no turismo internacional.

Na América Latina, o México é o único país no ranking, com 45 milhões de turistas internacionais em 2019. Cidade do México, Cancún e Los Cabos oferecem uma mistura de cultura, história e praias espetaculares.

No sudeste Asiático, a Tailândia está na sétima posição, com 40 milhões de chegadas internacionais. Bangkok é um ponto de partida comum para explorar templos e ilhas paradisíacas da região.

A Alemanha, outro destino europeu popular, recebeu 40 milhões de visitantes, segundo a OMT. A capital Berlim e a cidade de Frankfurt, que abriga um dos maiores aeroportos do mundo, são os lugares que mais atraem turistas. A Alemanha oferece uma combinação de história, cultura e belezas naturais.

Fechando a lista está o Reino Unido, com 39 milhões de turistas internacionais. O relatório da OMT tem em conta as chegadas a Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte, sendo Inglaterra e a sua capital, Londres, os principais destinos. Londres, de fato, é um destino cativante pela sua rica história e vida urbana vibrante.

A maioria destes países localizam-se na Europa, destacando as atrações de longa data do Velho Continente para os visitantes. A América Latina, representada pelo México, ocupa um lugar exclusivo no ranking, enquanto países do Oriente Médio e da Ásia vêm ganhando notoriedade entre os viajantes que buscam circuitos internacionais.

À medida que o turismo se recupera gradualmente, estes destinos continuarão a oferecer experiências únicas e emocionantes para os amantes de viagens em todo o mundo. Iniciativas como a facilitação de visto, desenvolvimento de novos destinos, investimentos em novos projetos turísticos e realização de grandes eventos ajudam a sustentar o crescente desempenho.

Diante desse panorama, a OMT acredita que o turismo internacional está bem encaminhado para recuperar totalmente os níveis pré-pandêmicos em 2024, apesar de desafios econômicos como inflação e menor produção global, além de importantes conflitos geopolíticos.
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet