Olhar Direto

Quinta-feira, 23 de maio de 2024

Notícias | Variedades

Destinos com as melhores obras de arquitetura do mundo

Foto: Reprodução

Destinos com as melhores obras de arquitetura do mundo
O mundo está repleto de edifícios inspiradores, obras arquitetônicas que ultrapassam os limites da expressão estrutural e passam a ser reconhecidas internacionalmente como ícones da paisagem urbana e designadas como Patrimônio da Humanidade. Únicas e totalmente cativantes, aqui estão 10 destinos com as arquiteturas mais espetaculares do planeta.


30 St Mary Axe, Londres, Inglaterra

Arquiteto: Norman Foster

30 St Mary Axe, informalmente conhecido como Gherkin (“pepino, em inglês), é um arranha-céu neofuturista localizado no Distrito Financeiro, em Londres, e foi inaugurado em 2004. Parecido com um picles gigante, este exemplo da arquitetura contemporânea londrina é composto por 7.429 painéis de vidro e 35 quilômetros de infraestrutura metálica. A torre foi projetada aerodinamicamente para que o vento a envolva, reduzindo assim o impacto.

Museu Soumaya, Cidade do México, México

Arquiteto: Fernando Romero

Inaugurado em 2011, o museu localizado em Polanco, a noroeste da Cidade do México, abriga o acervo da Fundação Carlos Slim, com mais de 70.000 peças, entre as quais se destacam obras de Auguste Rodin, Monet, Renoir, entre outros. O edifício consiste em uma estrutura de formas assimétricas, o que faz com que cada um dos pavimentos tenha dimensões e formatos distintos. A fachada é revestida por 16.000 pastilhas de alumínio.

Sagrada Família, Barcelona, ​​​​Espanha

Arquiteto: Antonio Gaudí

No meio do movimentado distrito de Eixample, em Barcelona, a obra-prima de Gaudí foi projetada para celebrar a natureza, com pilares construídos para se assemelharem a árvores gigantescas. A Sagrada Família é tão épica que a UNESCO decidiu declará-la Patrimônio Mundial. Ainda em construção, a Sagrada Família deve ser finalmente concluída em 2026, centenário da morte do arquiteto Antoni Gaudí, depois de 144 anos de obras.

Sphere, Las Vegas, Estados Unidos

Arquiteto: estúdio de arquitetura Populous

A maior estrutura esférica do mundo – Sphere – ergueu-se em Las Vegas simbolizando uma nova era arquitetônica de inovação e de oferta de experiências únicas. Inaugurada em setembro de 2023, a Sphere é equipada com a mais avançada tecnologia até o momento – coberta por uma tela LED de resolução de 16K. Descrita como arquitetura viva, essa arena esférica mede 112 metros de altura e 157 metros de largura, com capacidade interna para 18 mil pessoas.

Dongdaemun Design Plaza, Seul, Coreia do Sul

Arquiteta: Zaha Hadid

Dongdaemun Design Plaza tornou-se um marco por sua arquitetura incomum, com curvas e geometrias que formam composições fluidas da estrutura. O mercado dentro do prédio nunca fecha, então as pessoas podem fazer compras e absorver a cultura de Dongdaemun 24 horas por dia. O complexo inclui também grandes espaços expositivos e um museu de design. A arquiteta iraquiana-britânica, Zaha Hadid, é famosa por seu estilo intensamente futurista, cheio de curvas e ângulos agudos.

Marina Bay Sands, Singapura

Arquiteto: Moshe Safdie

Marina Bay Sands foi construído como um castelo de cartas, o que é apropriado, pois abriga um impressionante cassino. Também possui a maior piscina acima do solo do mundo, projetada como borda infinita e decorada com palmeiras, 57 andares acima do nível do solo. Todo o resort Marina Bay Sands custou impressionantes US$ 8 bilhões para ser construído!

Guggenheim, Nova York, Estados Unidos

Arquiteto: Frank Lloyd Wright

Quando foi inaugurado em 1959, o Guggenheim teve uma recepção mista – um crítico referiu-se ao edifício como “uma tigela de aveia invertida”. O interior foi projetado com a intenção de proporcionar uma experiência “fluida”, com uma longa galeria aberta descendo em espiral a partir do topo e obras de arte instaladas na parede externa. Wright fez mais de 700 esboços do projeto antes de encontrar o definitivo.

Ópera de Sydney, Sydney, Austrália

Arquiteto: Jørn Utzon

O arquiteto dinamarquês Jørn Utzon venceu o concurso internacional de design para a Opera House depois de explicar que seu projeto lembrava as velas de um navio na água. A sua construção começou em 1959 e, em 1973 a Rainha Elizabeth II o inaugurou. A sala de concertos é sempre mantida a 22,5 graus Celsius quando a orquestra sinfônica se apresenta, para preservar os instrumentos em perfeitas condições.

Burj Khalifa, Dubai, Emirados Árabes Unidos

Arquitetos: Adrian Smith, George J. Efstathiou, Marshall Strabala

Burj Khalifa é o edifício mais alto do planeta, com mais de 160 andares e 826 metros de altura, podendo ser definido como o zigurate mais ambicioso construído pelo homem até hoje. Dominando os céus, sua estrutura se aguça à medida que se eleva, terminando em uma agulha que levará tempo para ser ultrapassada. Nem mesmo as tempestades de areia podem vencê-lo. A título de comparação, o Empire State Building tem menos da metade da altura do Burj Khalifa.

Brasília, Distrito Federal, Brasil

Arquiteto: Oscar Niemeyer

A capital brasileira é o grande projeto arquitetônico do gênio Oscar Niemeyer. Construída na década de 1950 e inaugurada 10 anos, a cidade é uma utopia de linhas retas e cúpulas invertidas que atualiza o movimento moderno do início do século 20, fazendo um contraponto ao tradicionalismo da arquitetura clássica. A arquitetura de Brasília é considerada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet