Olhar Direto

Sábado, 25 de maio de 2024

Notícias | Política MT

EMPOSSADO NESTA QUARTA

Presidente da OAB diz que escolha de advogado de Mendes como desembargador do TJ não gera desconforto

21 Fev 2024 - 18:10

Da Redação - Rafael Machado/ Do Local - Pedro Coutinho

Foto: Alair Ribeiro/TJMT

Hélio Nishiyama

Hélio Nishiyama

A presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso (OAB), Gisela Cardoso, destacou que o fato do advogado Hélio Nishiyama ter sido escolhido como novo desembargador no Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) pelo seu cliente, o governador Mauro Mendes (União), não o descredencia a ocupar a função no Poder Judiciário e nem o coloca em uma posição diferente dos demais que concorriam ao cargo.


Leia também
Tribunal de Justiça dá posse aos novos desembargadores; conheça os escolhidos


Nessa semana, Mauro nomeou seu advogado como novo membro da Corte Judiciária pelo Quinto Constitucional da OAB. Hélio ficou em primeiro lugar na lista tríplice formada pelo Tribunal de Justiça. Ele despontava como favorito por ter atuado como advogado do governador.

Gisela destacou que o currículo do jurista o credenciou para ser nomeado como novo desembargador.
“É um advogado que eu conheço a atuação há muito tempo, a advocacia mato-grossense o conhece, tem serviço prestado para advocacia e para OAB. O doutor Hélio já foi conselheiro, já foi corregedor, doutor Hélio foi presidente de comissão, então ele conhece a advocacia”, disse.

“O fato dele advogar para o governador ou para qualquer outro político não descredencia. Acreditamos, fielmente, que será mais um representante da advocacia nesta Corte”, complementou.

Hélio tomou posse nesta quarta-feira (21), junto com outros sete nomes que foram escolhidos para ocupar a função de desembargador.

O Pleno elegeu os juízes Rodrigo Roberto Curvo, Luiz Octávio Oliveira Saboia Ribeiro, Lídio Modesto da Silva Filho e José Luiz Leite Lindote como desembargadores pelo critério de merecimento e os juízes Jorge Luiz Tadeu Rodrigues e Vandymara Galvão Paiva Zanolo pelo critério de antiguidade.

Pelo quinto constitucional, foram nomeados Hélio Nishiyama (OAB) e Marcos Regenold Fernandes (Ministério Público).
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet