Olhar Direto

Segunda-feira, 22 de abril de 2024

Notícias | Política MT

COMISSÃO PROCESSANTE

Câmara aceita denúncia de cassação de prefeito gravado contando dinheiro de suposta propina

Foto: Reprodução/Youtube

Câmara aceita denúncia de cassação de prefeito gravado contando dinheiro de suposta propina
Por maioria, a Câmara de Diamantino aprovou a abertura de uma comissão processante contra o prefeito Manoel Loureiro Neto (MDB) durante sessão realizada na noite de segunda-feira (26).


Leia também 
Botelho diz que é possível nova flexibilização, mas pontua que palavra final sobre Transporte Zero será do STF


Os parlamentares aprovaram uma denúncia apresentada por uma moradora da cidade que pede o afastamento do prefeito por infração político-administrativa após um vídeo do emedebista recebendo uma suposta propina ter ganhado destaque nacional.

Manoel foi alvo da Operação Avaritia, deflagrada pelo Núcleo de Ações de Competências Originária (Naco), que investiga irregularidades em três contratos firmados pela prefeitura com a construtora Alto Monte, que somados totalizam quase R$ 1 milhão.

Em um dos vídeos anexados ao processo, ele aparece sentado à mesa conversando com o autor da filmagem e contando notas de R$ 100 e de R$ 50. Segundo as investigações, a gravação foi realizada num consultório médico.

Segundo a denunciante, tais condutas “são incompatíveis com o exercício, dignidade e decoro do cargo” e o emedebista “envergonha qualquer munícipe e aos nobres vereadores, haja vista que, ousadia do prefeito exigia pagamento de propina como condições para pagamentos e nota”.

Após a leitura da denúncia no plenário, o presidente da Câmara, vereador Arnildo Gerhardt (Podemos) iniciou a contagem dos votos, que apresentou empate, 4 contra e 4 a favor (veja o placar abaixo). O presidente desempatou o placar votando pela aceitação da abertura da comissão processante.

Em seguida, foi feito o sorteio dos nomes que irão compor a comissão e a ocupação de cada um. O vereador Alfredo Keller (PSD) será presidente, a vereadora Michele Carrasco (União) foi escolhida como relatora e José Carlos David (PDT) como membro.

Dos três que compõem o grupo, apenas José Carlos foi favorável à denúncia, os demais foram contrários. No ano passado, os parlamentares haviam arquivado um pedido semelhante contra o prefeito.

Placar da votação

Contra a denúncia


Adriano Soares
Alfredo Keller
Michele Carrasco
Rosenilda Martins

Favoráveis 

Arnildo Gerhardt
Diocelio Antunes
Edimilson Freitas
José Carlos David
Ranielli Patrick
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet