Olhar Direto

Quarta-feira, 22 de maio de 2024

Notícias | Política MT

MANOBRA MAL SUCEDIDA

Galvan diz que trama organizado por Dorner ajudou Mirtes a ser 'queridinha' da direita em Sinop

20 Abr 2024 - 17:02

Da Redação - Rafael Machado/ Do Local - Max Aguiar

Foto: Max Aguiar/Olhar Direto

Galvan diz que trama organizado por Dorner ajudou Mirtes a ser 'queridinha' da direita em Sinop
O presidente do Novo em Sinop, Antônio Galvan, ressaltou que o apoio do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) a pré-candidata do partido a prefeita da cidade, a empresária Mirtes Grotta, a Mirtes da Transterra, é totalmente espontânea, diferente do que aconteceu com o possível candidato da sigla de Bolsonaro ao mesmo cargo, o atual prefeito Roberto Dorner.


Leia também 
Botelho diz que centros de ressocialização são 'formadores de bandidos' e não recuperam menores infratores


Ele ressaltou que a simpatia do ex-presidente a empresária se deve a sua postura partidária e defensora das pautas do ex-presidente, como Deus, pátria e família. Além disso, Galvan lembrou que a manobra realizada na cidade para que Dorner entrasse ao PL também foi fundamental para que Bolsonaro pudesse ter empatia com a empresária.

“Bolsonaro, acho que dispensa comentário, com certeza sabe quem que será o melhor candidato aqui para Sinop e nós só temos a agradecer, isso porque houve uma trama no PL, aqui de Sinop, onde veio trazer o atual prefeito sabendo que quem que estava lá, ao menos, grande parte sairia”, destacou.

Ele disse que o diretório do Novo vai buscar criar forças na cidade, buscando alianças com partidos de direita para tentar fortalecer o projeto do partido para as eleições deste ano.

“Infelizmente, com essa presepada que o PL fez em Sinop, ela optou pelo Novo e será a nossa pré-candidata e acredito que será escolhida pela coligação”, frisou.

Mirtes estava cotada para ser pré-candidata a prefeita pelo PL, no entanto, o atual prefeito da cidade conseguiu se articular com o presidente da legenda, Valdemar Costa Neto, para tocar seu projeto na sigla, o que causou revolta na grande parte dos liberais.

Durante a visita de Bolsonaro na cidade, Dorner foi “rejeitado” pelo grupo do ex-presidente. Ele tentou se aproximar, mas foi barrado e teve que se contentar com um contato mais longe, diferente de Mirtes que esteve a todo o momento ao lado do ex-presidente.
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet