Olhar Direto

Quinta-feira, 18 de julho de 2024

Notícias | Cidades

'SUSPEITA DE GRIPE'

Bebê de três meses morre em PSF e mãe denuncia negligência médica; prefeitura apura

Foto: Reprodução

Bebê de três meses morre em PSF e mãe denuncia negligência médica; prefeitura apura
O pequeno Moizes Amorin da Cruz, de apenas três meses, morreu na madrugada da última terça-feira (30), no Hospital Regional de Sorriso (420 km de Cuiabá). A mãe do bebê aponta negligência médica.


Leia mais
Trabalhador encontra corpo em decomposição próximo a parque de exposições de cidade


Em entrevista à TV Centro América, a mulher afirmou que levou o bebê até o Posto de Saúde da Família (PSF) com sintomas de gripe. Na unidade de saúde, os médicos pediram para a mãe retornar para casa e fazer inalação no filho. Depois, a criança piorou e voltou novamente ao posto. Mais uma vez, a vítima foi orientada a retornar para casa.

Após o fato, a mãe conta que resolveu procurar um hospital particular. Lá, os profissionais da saúde disseram que Moizes teria que ficar internado por sete dias porque foi diagnosticado com uma infecção na garganta. A mãe não pôde manter o filho na clínica, já que não tinha dinheiro para arcar com os custos.

"Ela pediu exames de sangue e urina. E ele não estava conseguindo urinar e gritava de dor. Outra médica olhou e passou antibióticos e mandou para casa. Ele dormiu melhor, mas de madrugada piorou. Ele precisava ficar 7 dias internado no particular mas eu não tinha condições para manter ele no quarto", contou.

Ainda de acordo com a mãe, a criança foi encaminhada do hospital particular novamente para a UPA Central com um pedido de urgência para ser encaminhada para o Hospital Regional. Chegando no hospital a criança foi atendida, mas sofreu duas paradas cardiorrespiratórias e morreu.

"Viram que ele estava com dificuldade de respirar e começou a ficar roxinho. Fizeram inalação e ele deu uma melhorada. A doutora ficou medindo a pulsação e tava parando. Ela correu com ele para outra sala. Me chamaram e falaram que ele teve duas paradas cardíacas, a primeira conseguiram salvar, mas na segunda não teve jeito", explicou.

O pequeno foi sepultado na tarde terça-feira (30) no Cemitério Municipal sob forte comoção.

Outro lado

Por meio de nota, a prefeitura de Sorriso lamentou a morte do bebê e disse que a Administração Municipal já iniciou as medidas para apurar o atendimento em todos os momentos em que a família procurou apoio tanto Upinha da zona leste, quanto na UPA Central.
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet