Olhar Direto

Sexta-feira, 14 de junho de 2024

Notícias | Cidades

ASSASSINATO DE SARGENTO

Esposa relata última troca de mensagens e diz que PM sempre ajudava as pessoas: "fazia o que podia"

Foto: Olhar Direto/Reprodução

Esposa relata última troca de mensagens e diz que PM sempre ajudava as pessoas:
Rafaely Adriane Alves, esposa do sargento da PM Odenir Alves, que foi executado a tiros na terça-feira (28) em frente a uma UPA em Cuiabá, relatou como foi as últimas trocas de mensagens que teve com o marido.


Leia também
Com Bope, Rotam e Cavalaria, PM realiza megaoperação para capturar assassino de sargento


A mulher descreveu a generosidade e a vontade de Odenir em ajudar o próximo como uma das maiores características de seu esposo. "“Ele sempre ajudava as pessoas, comprava rifa e doava coisas ", disse ela, lembrando que o sargento sempre “fazia o que  podia” para ajudar as pessoas. 

No dia do crime, a generosidade de Odenir se manifestou mais uma vez. As últimas mensagens trocadas entre o casal revelaram a preocupação do sargento com uma família de imigrantes venezuelanos. 

“Era umas 15h quando ele me escreveu dizendo que um colega estava fazendo campanha para uma família de venezuelanos e pedia para eu juntar algumas doações que iria levar para os imigrantes. Eu respondi com um ‘joinha’ e ele leu às 15h30. Depois nenhuma mensagem foi mais vista, acho que foi perto desta hora que tudo aconteceu”, narra a mulher”, disse. 

A solidariedade cultivada por Alves em vida foi um dos motivos para que a  família doasse as córneas dele para que outra pessoa pudesse enxergar. “Ele sempre apoiou causas da saúde e ajudou quem podia. Decidimos que ele iria continuar ajudando”, comentou Rafaely.

Ela destacou ainda que o marido sempre fez jornada extra e viagens para complementar a renda de casa. Os policiais militares são servidores efetivos do Estado, contudo podem trabalhar para a prefeitura nos horários de folga. Para melhorar a renda, muitos deles abrem mão do descanso para garantir uma renda complementar. 

Alves deixa esposa e três filhos: um de 5 anos, outro de 15 e um terceiro de 24 anos. O velório do sargento está sendo realizado nesta quarta-feira (29) na Capela Jardins, em Cuiabá. O sepultamento está marcado para esta quinta-feira (30), às 9h, no Cemitério Parque Bom Jesus, no bairro Parque Cuiabá, também em Cuiabá. 
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet