Olhar Direto

Segunda-feira, 17 de junho de 2024

Notícias | Política MT

em tom de desabafo

Jayme Campos quer federalização da Rodovia dos Imigrantes

Foto: Reprodução

Jayme Campos quer federalização da Rodovia dos Imigrantes
O senador Jaime Campos (DEM-MT) propôe a federalização da Rodovia dos Imigrantes, que corta os municípios de Cuiabá e Várzea Grande. Em discurso no plenário do Senado, o parlamentar lembrou que trecho de aproximadamente 27 quilômetros encontra-se tão deteriorado que os caminhões demoram até quatro horas para atravessá-lo, num percurso previsto para 20 minutos.


“Se o governo estadual é ineficiente para administrar essa estrutura, cabe ao governo central assumi-la como fator de integração nacional. É a maneira mais adequada de manter essa rodovia durante o ano inteiro”, disse o parlamentar no plenário nesta quinta-feira (7.3).

"O que Jaime Campos disse é pura verdade", diz senador paraense sobre caos na infraestrutura em MT

Jaime Campos esclareceu que a rodovia é um ramal que une estradas do Norte, Sul, Leste e Oeste do país, sendo três delas rodovias federais. E classificou a sua posição como estratégica para o escoamento da soja.

Na semana passada, 200 empresários protestaram ameaçando fechar parte dos quatro mil postos de trabalho devido às dificuldades de acesso naquele local. Na terça-feira o governo estadual declarou estado de emergência no trecho, mas, na opinião do senador, trata-se de uma manobra protelatória para tentar criar justificativas para os cidadãos.

Senado aprova projeto de Jaime que cria fundo de amparo à mulher agredida

“Está completamente abandonada, não se sabe se a estrada tem buracos ou se os buracos são a própria estrada. Trafegam por mais de 17 mil caminhões por dia, sendo que esse número é dobrado na época de pico no escoamento da produção”, afirmou ao lembrar da perda de competitividade pelas péssimas condições rodoviárias.

Segundo a Agência Senado, o senador frisou ainda que Mato Grosso é gigante na produção, mas “lanterninha” na estrutura rodoviária. E citou o ex-presidente Washington Luís, que, ainda na década de 20, ensinou que “governar é construir estradas”.

“Temos um vasto território e uma nação rodoviária. Permitir que as estrada se deteriorem e abandoná-las é uma forma de desgoverno, é atrasar o relógio do desenvolvimento”, desabafou.
Entre no nosso canal do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui
 

Comentários no Facebook

xLuck.bet - Emoção é o nosso jogo!
Sitevip Internet