Olhar Agro & Negócios

Domingo, 22 de setembro de 2019

Notícias / Agronegócio

Governo incentiva negócios e participação de empresariado de Mato Grosso em feira na Bolívia

Da Redação - Viviane Petroli

17 Ago 2016 - 07:51

Foto: Sefaz/MT

Governo incentiva negócios e participação de empresariado de Mato Grosso em feira na Bolívia
Entre os dias 16 e 25 de setembro, Mato Grosso contará com um estande voltado para negócios na Feira Expocruz, em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. O Governo do estado mobiliza empresários dos setores industriais e comerciais para participarem da feira, que é considerado o maior evento multissetorial da América Latina.

O estande de Mato Grosso na feira terá 99 metros quadrados e servirá de "vitrine" para os empresários mato-grossenses. Conforme a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), o espaço montado pelo Governo do Estado será gratuito.

A pasta explica que a intenção é expandir as relações comerciais entre Mato Grosso e os países andinos. A ação, salienta a Sedec, conta com o apoio da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Associação Mato-grossense de Atacadistas e Distribuidores e a Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat).

Leia mais:
Exportações em Mato Grosso devem subir 8,9% em 2017; previsão para o PIB é de 2%

Durante o evento, os empresários poderão expor seus produtos e portfólios. Após a Feira Expocruz, os empresários terão nos dias 21 e 23 de setembro a Rodada Internacional de Negócios, promovida pela Câmara de Indústria e Comércio, Serviços e Turismo de Santa Cruz (Cainco). Na ocasião será possível realizar contatos e prospectar negócios com fabricantes, importadores, exportadores, entre outros.

“A nossa intenção é dar continuidade ao projeto que estruturamos para fortalecer o comércio exterior no estado", diz o secretário adjunto de Indústria, Comércio, Minas e Energia da Sedec, Eduardo Mota.

Segundo a Sedec, já confirmaram presença no evento na Bolívia empresas mato-grossenses do ramo de alimentos, energia, bebidas, móveis e de produtos para construção civil. Na comitiva do Estado há ainda uma empresa que fabrica água de coco e derivados em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, a Cocolândia, criada em 2003 e situada em Rondonópolis.

A integração comercial entre Mato Grosso e os países andinos vem sendo trabalhada fortemente pela atual gestão do Governo do Estado. Em abril, como o Agro Olhar comentou, uma caravana de Mato Grosso com 50 carros partiu de Cuiabá rumo ao Pacífico. A caravana era liderada pelo governador Pedro Taques e o objetivo da ação era estudar uma forma de asfaltar o trecho de 315 quilômetros da estrada entre San Matias, cidade boliviana que fica na fronteira com o Brasil, ate San Ignacio, já que no trecho seguinte, entre San Ignacio e Santa Cruz, a pavimentação já está em andamento. Outra intenção era a busca de negócios de exportação e importação.

Inscrições para a Expocruz:

Empresários interessados em participar do estande de Mato Grosso na Expocruz devem entrar em contato com a Sedec - Everaldo Marques - Telefone: (65) 3613-0057 /http://everaldomarques@sedec.mt.gov.br

Já para a Rodada Internacional de Negócios – Cainco, cuja inscrição se encerra em 12 de setembro, o contato é na Fiemt com Gabriela Fontes - Telefone: (65) 3611-1655/E-mail: http://gabriela.fontes@fiemt.com.br ou na Cainco com http://jessica.rivero@cainco.org.bo

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Agro Olhar. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agro Olhar poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Dalton Costa
    14 Nov 2016 às 11:43

    A Bolívia representa uma extraordinária oportunidade de negócios para os empresários de Mato Grosso. O país cresce há mais de 10(dez) anos a taxa de 4,5/8,0%. Enquanto a mídia tradicional brasileira fomente um medo do país vizinho, empresário europeus, chineses, japoneses, coreanos fazem a festa... Já passou da hora de nós acordarmos...

Sitevip Internet