Olhar Agro & Negócios

Sexta-feira, 23 de julho de 2021

Notícias / Agricultura Familiar

AO ANO

Com apoio do REM-MT, produção sustentável pode render 20 toneladas de limão em Jangada

Da Redação - Marcos Salesse

11 Mai 2021 - 14:40

Foto: Edgar Bento

Com apoio do REM-MT, produção sustentável pode render 20 toneladas de limão em Jangada
Criado pelo Governo de Mato Grosso, por meio da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), o projeto de Unidade de Referência Técnica (URT) pode gerar 20 toneladas de limão anualmente em Jangada (70 km de Cuiabá). Exemplo para produtores de outros municípios, a URT está localizada na propriedade de Ademilson Bento de Santana, produtor rural de 67 anos. Apoiado pelo Programa REM-MT, o projeto pretende seguir fortalecendo a agricultura familiar em todo o estado. 

Leia mais: 
Vendas superam expectativas dos lojistas no Pantanal Shopping durante Dia das Mães

O sítio de Ademilson foi contemplado com recursos do Subprograma de Agricultura Familiar e de Povos e Comunidades Tradicionais (AFPCTs) do REM-MT. De acordo com o programa, foram entregues 400 mudas de limão, além de fornecimento de adubos, calcário, sistema de irrigação e outros insumos. Todas as mudas recebidas devem ser plantadas durante o mês de maio. 

Segundo o produtor, todo o conhecimento adquirido ao longo da vida foi passado entre as gerações de sua família. Agora com a chegada do programa, Ademilson acredita que poderá aperfeiçoar tudo o que já aprendeu sobre o cuidado com a terra. "A minha vida toda eu plantei verduras, hortaliças, maracujá, limão... Isso vem de família. Aprendi essas coisas no dia-dia, no trato com a planta. Com essas novas tecnologias sugeridas através da Empaer e do REM, acredito que isso só vem a agregar no meu conhecimento. Por isso sou muito grato", disse.

Quem fez a proposta para Ademilson e Galhardo inscreverem o sítio como a URT de Jangada foi o extensionista da Empaer Edgar Bento. Ele já conhecia Ademilson há muitos anos e identificou que a sua área tinha um grande potencial para ser referência em produção sustentável. "Eu percebo que ele naturalmente tem esse entendimento. Aos fundos de sua propriedade tem uma grande mata de APP [Área de Preservação Permanente] por onde passa um riacho. Desde que eu o conheci, ele sempre se preocupou em fazer seus cultivos sem degradar essa mata", destacou o técnico.

A expectativa é que o sítio da família de Ademilson se torne uma grande referência na região com uma produção de 20 toneladas de limão ao ano. Além de Bento, os produtores também contam com o auxílio dos técnicos Gláucio Guimarães e Roberto Damaceno na unidade local da Empaer em Jangada.

Sobre o Programa REM MT

O Programa REM MT (do inglês, REDD para Pioneiros) é uma premiação ao Estado do Mato Grosso pelos resultados na redução do desmatamento nos últimos 10 anos. A cooperação internacional dos governos do Reino Unido e da Alemanha doam recursos por meio do BEIS e do Banco de Desenvolvimento Alemão (KFW) para o Programa que aplica em ações de conservação da floresta a fim de reduzir emissões de CO2 no planeta.

Para isso, beneficia diretamente iniciativas que contribuem para reduzir o desmatamento, estimular a agricultura de baixo carbono e apoiar povos indígenas e comunidades tradicionais. É coordenado pelo Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA), e gerenciado financeiramente pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (FUNBIO). Clique aqui e saiba mais sobre o Programa REM MT.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet