Olhar Agro & Negócios

Quarta-feira, 14 de abril de 2021

Notícias / Agronegócio

11º NO RANKING

Mato Grosso responde por apenas 2.8% na exportação de couros

Os dados são da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Agricultura, compilados pelo Centro de Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), e indicam que a maioria do couro disponibilizado nos abates em Mato Grosso está sendo industrializada em outros estados.

De Sinop - Alexandre Alves

22 Abr 2013 - 13:32

Foto: Ilustração

Mato Grosso responde por apenas 2.8% na exportação de couros
Apesar de ser o maior produtor nacional de carne bovina, o Estado de Mato Grosso ocupa apenas a 11ª posição na lista dos maiores exportadores de couro, com US$ 15.4 milhões de faturamento entre janeiro a março de 2013. O montante corresponde a 2.8% da receita nacional com a exportação do produto.

Os dados são da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Agricultura, compilados pelo Centro de Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), e indicam que a maioria do couro disponibilizado nos abates em Mato Grosso está sendo industrializada em outros estados.

Trimestre registra maior escala de abate da história da pecuária de Mato Grosso

E os números ainda apontam que a receita mato-grossense com embarque de couros está em declínio. Em relação ao primeiro trimestre de 2012, quando foram exportados US$ 18.2 milhões, a queda é de 15.3%. Já em comparativo com os primeiros três meses de 2011, quando a receita foi de US$ 21.2 mi, a baixa é de 27.2%.

O principal exportador do produto é São Paulo, com US$ 119.4 mi de receita (21.9% do total nacional), seguido do Rio Grande do Sul, com US$ 105.6 mi (19.4%), Paraná, US$ 62.2 mi (11.4%), Goiás, US$ 59.4 mi (10.9%), Ceará, US$ 41.3 mi (7.6%) e, Mato Grosso do Sul, com US$ 35.8 milhões (6.6%).

Cade multa JBS em R$ 7.4 milhões por não informar aquisições de frigoríficos em Mato Grosso

Também estão à frente de Mato Grosso os estados de Minas Gerais (5.8%), Bahia (5.7%), Pará (4.1%) e Santa Catarina (3.4%). E nove, dos dez que estão à frente de Mato Grosso, tiveram aumento nas vendas no período analisado, com índices de 1.9% de crescimento até 178%, que foi o caso do Pará.

No total, o Brasil exportou US$ 545.1 milhões em couros acabado, salgado, wet blue e crust entre janeiro e março, um incremento de 17.4% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet