Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 27 de julho de 2021

Notícias / Pecuária

sanidade veterinária

MT inicia campanha de vacinação contra febre aftosa

Da Redação - Rodrigo Maciel Meloni

01 Mai 2013 - 11:34

MT inicia campanha de vacinação contra febre aftosa
O Governo do Estado deu início nesta quarta-feira (01) a primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa. Um universo de 12,5 milhões de bovinos e bubalinos com até 24 meses de idade deverão ser imunizados, segundo o Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea). A vacinação ocorre até o dia 31 de maio e produtores de todo o Estado, exceto da região do Pantanal, devem vacinar o rebanho contra a doença. A comunicação precisa ser feita ao Indea até o dia 10 de junho.

De acordo com o diretor de Relações Institucionais da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) e presidente do Conselho Fiscal do Fundo Emergencial de Saúde Animal de Mato Grosso (Fesa-MT), Rogério Romanini, o combate à doença é fundamental para o Estado manter seu status de área livre de febre aftosa, reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

"Os pecuaristas mato-grossenses têm dado um excelente exemplo quando o assunto é a sanidade animal. Todos os anos, nosso índice de animais imunizados é de mais de 99%. Para continuar mostrando que Mato Grosso tem uma das carnes mais saudáveis do mundo, temos que manter esta vigilância, por isso é muito importante que o produtor vacine seus animais e comunique ao Indea dentro do prazo", destaca Romanini.

Penalidades

A assessoria de imprensa da Famato informa que após a vacinação, o pecuarista terá até o dia 10 de junho para comunicar a imunização ao Indea. Quem não respeitar o calendário de vacinação poderá ser penalizado com o pagamento de multas, cujos valores podem chegar a 2,25 Unidade de Padrão Fiscal (UPF) por cabeça não vacinada.

Em Mato Grosso, a vacinação contra a febre aftosa é dividida em duas campanhas. Em maio são vacinados os animais com até dois anos de idade. Já em novembro, todo o rebanho, de 29 milhões de cabeças, devem ser imunizados.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet