Olhar Direto

Notícias / Turismo

Desfile de blocos na zona portuária abre circuito de carnaval no Rio

Agência Brasil

02 Fev 2014 - 19:30

O primeiro grande evento do carnaval 2014 do Rio começou hoje (1°), com o 5º Circuito de Blocos da Zona Portuária. Doze blocos tradicionais desfilam pelas ruas da região, que atualmente passa por processo de revitalização urbanística e promete ser um dos grandes pontos turísticos da cidade até as Olimpíadas de 2016.

A concentração começou nas primeiras horas da tarde, com centenas de foliões, incluindo moradores das comunidades próximas e turistas brasileiros e estrangeiros, divertindo-se ao som de marchinhas e sambas-enredos.

A presidenta da Liga de Blocos e Bandas da Zona Portuária, Rosieti Marinho, comemorou a nova fase dos bairros próximos ao cais do porto. Ali foi um dos locais de grande importância no passado, mas que sofreu com abandono e declínio da atividade econômica, agora revertidos por um forte processo de valorização imobiliária.

“Hoje estamos abrindo o carnaval da zona portuária, apresentando todos os blocos remanescentes, oriundos da comunidade dos bairros da Saúde, Gambôa, Praça Mauá, Santo Cristo, Morro da Providência, Morro do Pinto e Morro da Conceição. São blocos bem antigos, pois aqui foi um dos berços do samba na cidade”, disse Rosieti.

Entre os 12 blocos e bandas que desfilarão pelo circuito de ruas da região, a presidenta da liga destacou Escravo da Mauá, Coração das Meninas, Fala Meu Louro, Independentes do Morro do Pinto, Eles que Digam, Bloco Rego de Barros, Escorrega mas Não Cai e Banda da Conceição.

Um dos blocos mais antigos da cidade é Fala Meu Louro, fundado em 1938, segundo a presidenta da agremiação, jornalista Isabel Boechat. “Nós resolvemos, no ano passado, revitalizar o bloco, que já teve a participação dos meus avós e dos meus pais. Este ano vamos fazer o desfile principal dia 15 de fevereiro, com o enredo A Taça do Mundo É Nossa,”, disse ela.

Este ano desfilarão pelas ruas da capital fluminense 457 blocos, com um público estimado em 5 milhões de pessoas, segundo a Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (Riotur). A maioria dos blocos sairá na zona sul (144), seguida pelo centro (90), zona norte (84), região da grande Tijuca (53), Barra e Jacarepaguá (35), Ilha do Governador (26) e zona oeste (25). Para participar dos blocos não é preciso pagar nada, pois no Rio não existem cordas que separem os foliões.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Sitevip Internet