Olhar Direto

Quinta-feira, 23 de maio de 2019

Notícias / Cidades

Seis autores de mais de 30 roubos em chácaras são presos na 'Carga Máxima'

Da Redação - Patrícia Neves

22 Fev 2016 - 11:34

Seis autores de mais de 30 roubos em chácaras são presos na 'Carga Máxima'
Seis homens acusados de integrar uma quadrilha que praticou mais de 30 roubos em  chácaras e empresas de Cuiabá foram presos, na operação da Secretaria de Estado de Segurança Pública, Carga Máxima, deflagrada na manhã desta segunda-feira (22.02), pela Polícia Judiciária Civil, depois de investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF), para cumprimento de mandados de prisão pelos crimes de roubo e tentativa de latrocínio.

Leia Mais:
Índios voltam a fechar rodovia federal, cobram R$ 300 de ‘pedágio’ e exigem soltura de companheiros

De acordo com assessoria, foram presos: William Moreira da Costa, Yuri Francisco da Silva, conhecido como “Jacaré, André Vinicius de Oliveira Domingos da Silva, Leonardo Victor Nunes da Silva, Clinjer Jordão da Silva e Carlos Henrique Oliveira do Espírito Santo. Todos foram presos em cumprimento de mandados de prisão preventiva. 

A quadrilha era investigada deste agosto de 2015, por  assaltos em propriedades rurais da região do Distrito de Aguacú, Sucuri e Ribeirão do Lipa. Por serem também moradores dessas localidades, os assaltantes invadiam os imóveis encapuzados para dificultar a identificação durante a investigação da Polícia Civil. “São moradores, que roubavam os próprios moradores de forma bastante agressiva. Num dos casos chegou a tirar sangue da vítima, de tanta violência”, frisou o delegada Nybya Beatriz Gomes Reis.

Ainda conforme a Polícia, o grupo é investigado em mais de 30 roubos ocorridos em Cuiabá e região. O campo de atuação da quadrilha era voltado às chácaras, mas também há registros de roubos em empresas, como dois ocorridos na distribuidora de bebidas Ambev.

“No segundo roubo praticado na Ambev os autores efetuaram disparos de arma de fogo contra as vítimas”, disse à delegada que coordena as investigações Nubya Beatriz Gomes dos Reis.

Com os suspeitos, os policiais apreenderam um revólver calibre 38, vários aparelhos de celular, televisores, violão, joias, micro system, relógios, ventiladores, ferramentas, máquina de lavar a jato, rolo de arame, entre outros.  

Todos os seis envolvidos possuem passagem criminal e foram reconhecidos pelas vítimas. A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) aguarda outras possíveis vítimas do bando para procederem com o reconhecimento e assim os suspeitos responderam por mais crimes, permanecendo também mais tempo na prisão.

Os produtos serão restituídos às vítima mediante comprovação. A ação da Derf foi batizada de “Espantalho” em referencia ao boneco de palha, considerado o protetor das chácaras
Sitevip Internet