Olhar Direto

Sexta-feira, 30 de outubro de 2020

Notícias / Cidades

Jovem decapitada pelo PCC era membro do Comando Vermelho; execução foi filmada

Da Redação - Fabiana Mendes

05 Jun 2018 - 14:21

Foto: Reprodução

Jovem decapitada pelo PCC era membro do Comando Vermelho; execução foi filmada
Lailla Cristine de Arruda, de 19 anos, natural de Rondonópolis (a 216 quilômetros de Cuiabá), que foi decapitada por membros da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), em Sonora (MS), teve a execução filmada. Conhecida como “Laizinha”, ela seria garota de programa na cidade e membro do Comando Vermelho. Há algum tempo a vítima já vinha sendo ameaçada. 

Leia mais:
Jovem de Mato Grosso é decapitada por facção criminosa rival em MS

De acordo com o registro da ocorrência, o crime teria acontecido em dia 31 de maio. As primeiras informações davam conta que Laillateria sido julgada pelo ‘tribunal do crime’ do grupo criminosos rival.  
 
Os policiais realizaram diligências e por volta das 16 horas dois suspeitos em um veículo modelo Gol de cor preta foram abordados. Ambos contaram que estariam tomando banho em um córrego na região. Na ocasião, eles foram liberados.
 
A localização do corpo aconteceu no dia 1º de junho, após a tia de a vítima ir até a Delegacia informar o desaparecido da sobrinha. Policiais civis e militares intensificaram as rondas e conseguiram encontraram o corpo decapitado próximo de um posto de fiscalização.
 
Lailla teve os punhos amarrados com um fio vermelho. Um vídeo mostra o diálogo da víitma com os executores. Os executores filmaram a jovem dizendo que se os membros da facção rival aparecerem na cidade, eles iriam morrer.
 
“É o trem, é o trem, tá passando. Se esse tal de trem aparecer na quebrada, esse tal de dois, olha ai o que noís vai [sic] fazer”, diz um dos executores.
 
Prisões
 
As investigações apontaram que ela foi vista pela última fez entrando no carro, que havia sido abordado no dia da denúncia do ‘tribunal do crime’. A dupla que estava no veículo foi localizada. Informalmente, os suspeitos disseram que os responsáveis seriam dois menores de idade. Logo depois, os menores de 15 e 17 anos também foram detidos. Foram presos Rodrigo França, de 21 anos, Alexandro Silva dos Santos, de 24 anos e dois adolescentes de 15 e 17 anos.
 
Os envolvidos contaram detalhes de como o crime aconteceu. Primeiro eles teriam levado a jovem até o local do crime em um veículo modelo Gol. Em seguida, amarraram os punhos com uma corda e a colocaram de joelhos no chão, por fim, o adolescente passou a desferir violentos golpes de facão no pescoço da vítima até que sua cabeça fosse completamente separada do corpo. A arma usada no crime não chegou a ser localizada.

Veja vídeo do diálogo da vítima. 

 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet