Olhar Direto

Segunda-feira, 02 de agosto de 2021

Notícias | Cidades

Arena Pantanal

Golaço, "frango russo" e invasão chilena marcaram jogos da Copa em Cuiabá; relembre

Foto: Olhar Direto

Golaço,
No dia 13 de junho de 2014, Cuiabá entrou para a história do futebol mundial. A capital mato-grossense recebeu o seu primeiro jogo de Copa do Mundo, na recém-inaugurada Arena Pantanal. Ao todo, foram quatro partidas oficiais do Mundial disputadas em solo cuiabano que levaram mais de 160 mil pagantes para o estádio. Quem foi, viu de perto o golaço do colombiano James Rodriguez, o frango histórico do russo Igor Akinfeev e a loucura dos torcedores chilenos.


Leia mais:
Na despedida da Arena Pantanal, Colômbia dá show e goleia Japão; veja fotos e como foi
 
Chi Chi Chi le Le Le


 
A primeira partida aconteceu no dia 13 de junho e terminou com vitória do Chile sobre a Austrália por 3 a 1. Os gols dos sul-americanos foram marcados por Sanchez, Valdívia e Beausejour. Os australianos diminuíram com Cahill. Ao todo, foram 40.275 pagantes.
 
Além do bom jogo, recheado de gols, também chamou atenção a festa da torcida chilena, que invadiu a capital mato-grossense. O estádio foi tomado pela 'onda vermelha', que com gritos “Chi Chi Chi, Le Le le! Viva Chile!”, encantou quem lá estava. Um dos momentos mais emocionantes foi durante a execução do hino chileno.



Frangaço


 
Já a partida entre Rússia e Coréia do Sul, pouco movimentada, foi marcada por uma falha histórica do experiente goleiro Igor Akinfeev, no dia 17 de junho. Mais de 37 mil pessoas pagaram para assistir ao duelo. Lee ariscou de fora da área e o arqueiro russo aceitou o frango. Antes, ele já tinha dado um susto em um chute de Kim.
 
A torcida chegou a ensaiar uma vaia para a partida, que não teve grandes destaques. No fim, os dois saíram com apenas um ponto, após empatarem por 1 a 1. Os gols foram marcados por Lee e Kerzhakov.



Show dos cuiabanos


(Vídeo: Marcelo Silva)
 
Na partida com o menor apelo, entre Nigéria e Bósnia-Herzegovina, quem deu show foi a torcida cuiabana. Mais de 40 mil pessoas pagaram para assistir ao confronto que culminou com a eliminação da Bósnia, após derrota por 1 a 0. O gol da Nigéria foi anotado por Odemwingie aos 28 minutos do primeiro tempo, depois de um gol mal anulado da Bósnia.
 
Dzeko fez um belo gol aos 20 minutos, invalidado pelo bandeira que alegou impedimento. As duas equipes entraram em campo com o sonho da classificação. Poucos torcedores vieram da Bósnia e da África para assistir ao jogo. Assim, o show foi comandado pelos torcedores cuiabanos que vibraram muito, cantaram e fizeram a ‘ola’.
 
Este foi o confronto de número 800 das Copas do Mundo. O então presidente da Fifa, Joseph Blatter e o ministro do Esporte à época, Aldo Rebelo, estavam presentes no estádio. Eles assistiram ao jogo ao lado do então governador Silval Barbosa.



Golaço

 

Já a despedida de Cuiabá da Copa do Mundo foi em grande estilo. A Colômbia deu um verdadeiro show de bola e goleou o Japão por 4 a 1 em uma tarde inspirada. Mais de 40 mil pessoas pagaram para ver o duelo que teve espetáculo dentro de campo e nas arquibancadas.
 
Na ocasião, a Colômbia aproveitou a oportunidade para testar alguns jogadores, incluindo o goleiro Mondragon, que entrou no final do jogo e ainda fez uma boa defesa. O técnico colombiano Jose Pekerman foi aplaudido pela torcida. Já a equipe japonesa, mesmo eliminada, fez o nobre ato de reverenciar seus torcedores.
 
O que mais chamou atenção no dia 24 de junho foi o golaço marcado por James Rodriguez. Aos 45 minutos da segunda etapa, o colombiano recebeu dentro da área, aprontou para cima do zagueiro adversário e deu uma cavadinha para fechar a goleada por 4 a 1. Também na mesma data, Mondragon se tornou o jogador mais velho a atuar na Copa do Mundo.
 
Nos quatro jogos da Copa do Mundo de 2014 na Arena Pantanal foram 12 gols marcados. O que dá uma média de três gols por partida.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet