Olhar Direto

Domingo, 20 de outubro de 2019

Notícias / Política MT

Deputado comenta declaração de Temer e diz que “golpe” foi responsável por eleição de Bolsonaro

Da Redação - Érika Oliveira

23 Set 2019 - 09:11

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Deputado comenta declaração de Temer e diz que “golpe” foi responsável por eleição de Bolsonaro
Uma entrevista concedida pelo ex-presidente Michel Temer (MDB) no programa “Roda Viva”, da TV Cultura, na última segunda-feira (16), em que o emedebista utilizou o termo “golpe” ao se referir ao processo de impeachment de Dilma Rousseff (PT) do cargo, em 2016, provocou alvoroço no meio político durante esta semana. Um dos principais líderes do PT em Mato Grosso, o deputado estadual Lúdio Cabral afirmou que esta não foi a primeira vez que o emedebista cometeu o que ele classificou como “ato falho”, mas disse estar surpreso com a “naturalidade” com a qual Temer tem tratado o tema. O parlamentar considerou, ainda, que outros setores também já estão pacificando o assunto e que o episódio foi responsável pela eleição do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Leia mais:
Selma promete esforço para retirar mais dois senadores do partido de Bolsonaro: “chega de clãs”

“Não é a primeira vez que ele comete esse ato falho. Em outras ocasiões ele já fez essa referência. Mas agora foi muito natural a constatação que ele fez de que houve um golpe no nosso país no impeachment da presidente Dilma. A história tem demonstrado que houve uma articulação de interesses políticos e econômicos poderosos para derrubar o Governo e avançar num processo de deterioração do estado de direito no nosso país, que levou à prisão do ex-presidente Lula", analisou Cabral.

"Uma das consequências foi a eleição de um governo de extrema direita e a adoção de políticas que estão comprometendo o estado de bem estar social que foi construído a duras penas, comprometendo a soberania da nossa economia, reposicionando o Brasil como subalterno dos Estados Unidos na política internacional e deteriorando o próprio sentido da democracia no nosso país”, continuou.

Desde a confirmação do impeachment aliados da ex-presidente Dilma se referem ao afastamento como um golpe. Ao longo dos últimos anos, Temer foi uma das pessoas mais criticadas por supostamente ter atuado contra a presidente.

Durante a entrevista dessa semana, ele negou que tenha se empenhado neste sentido. “O pessoal dizia 'o Temer é golpista' e que eu teria apoiado o golpe. Diferente disso, eu jamais apoiei ou fiz empenho pelo golpe. Não imaginava que viraria presidente por essas vias”, disse o ex-presidente.

Para Lúdio, o processo do impeachment foi fundamental para a eleição de Bolsonaro. “Hoje as revelações que vêm sendo divulgadas, da troca de mensagens entre membros do Ministério Público Federal, Deltan Dallagnol, Sergio Moro e, o fato do Moro ser ministro da Justiça do Bolsonaro, que se elegeu graças à retirada do Lula da disputa, demonstra que houve toda uma articulação de poderosíssimos interesses políticos e econômicos que para prevalecer destruíram o estado de direito. A ficha de outros setores políticos está caindo gradativamente, porque está evidente que houve esse desmonte”, pontuou o petista.

4 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Sergio
    23 Set 2019 às 11:47

    Vi três comentários vetados. Isso identifica o nível de irritação com essas pessoas do perfil do Ludio que teimam em não reconhecer o desastre em que enfiaram o país. E tudo em nome de uma ideologia sem sentido cinzelada na busca do poder e no apadrinhamento dos "chegados". Eu sei que dizer isso de pouco adianta mas saibam que na medida em que os mal feitos forem aparecendo vai ficar cada dia mais difícil a sobrevivência desse grupo.

  • Igor
    23 Set 2019 às 10:34

    Errata: Viva O Mito e sua equipe de Ministros.

  • Igor
    23 Set 2019 às 10:33

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Dorotéa Ximenes
    23 Set 2019 às 09:54

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Sitevip Internet