Olhar Direto

Notícias / Ciência & Saúde

Dois casos de possível suspeita de coronavírus são monitorados em Mato Grosso

Da Redação - Fabiana Mendes

27 Fev 2020 - 11:20

Foto: Roberto Casimiro

Dois casos de possível suspeita de coronavírus são monitorados em Mato Grosso
Dois casos de possível suspeita de coronavírus (COVID-19) são monitoradas em Mato Grosso. Um das vítimas seriam de morador de Alto Taquari (479 quilômetros de Cuiabá). O outro, ainda não teve o município divulgado, no entanto, os exames foram feitos para confirmação ou descarte do vírus.

Leia mais:
Prefeitura notifica secretaria sobre possível caso de coronavírus em Mato Grosso

O primeiro paciente, que é de meia idade, esteve recentemente na Itália, onde houve um acréscimo no número de casos recentemente. O prefeito da cidade, Fábio Garbugio (PTB), confirmou o fato ao Olhar Direto. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Alto Taquari, por meio da secretária Deise Coelho, também emitiu um comunicado. O segundo caso não foi informado de qual cidade seria.

Conforme nota da Prefeitura, o paciente se enquadra nas condições para ser definido como tal (febre e pelo menos um sinal ou sintoma respiratório - tosse, dificuldade de respirar entre outros), além do histórico de viagem para área com transmissão local, de acordo com a Organização Mundial da Saúde, nos últimos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais e sintomas.

Os resultados deverão sair em até quatro dias, já que o material coletado foi enviado para Cuiabá, em um laboratório referencia. Todas as medidas adotadas são conforme protocolos do Ministério da Saúde, OMS e Escritório Regional de Saúde. A Defesa Civil do Estado se colocou à disposição diante da situação, caso seja eventualmente necessária sua intervenção. 

Casos suspeitos ou confirmados para coronavírus, que não necessitam de hospitalização, poderão manter isolamento domiciliar e acompanhamento/investigação pela equipe de saúde.

A Secretaria Estadual de Saúde informou que tem identificado os rumores a cerca de possíveis suspeitos para o COVID-19 em Mato Grosso e que imediatamente tem acionado os serviços de saúde para esclarecimento.

Veja nota na íntegra:

A Secretaria Estadual de Saúde, através do Centro de Operações em Emergência a Saúde Pública para o COVID-19, informa que tem identificado os rumores a cerca de possíveis suspeitos para o COVID-19 em Mato Grosso e que imediatamente tem acionado os serviços de saúde local para esclarecimento e a tomada de medidas imediata. Informamos que todos os casos alvo de rumores de suspeitos de coronavírus foram verificados e até o momento nenhum caso foi enquadrado nas definições de casos preconizada pelo Ministério da Saúde.

Ressaltamos que o site da SES( http://www.saude.mt.gov.br/informe/581) e do Ministério da Saúde (https://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/coronavirus) dispõe de informações acerca do coronavírus, e que estas são as informações oficiais.

Solicitamos a todos que não divulguem informações que não sejam oficiais e que busquem a veracidade da mesma, pois divulgar notícias falsas causa pânico e atrapalha a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:
 evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;  realizar lavagem frequente das mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente;
 utilizar lenço descartável para higiene nasal;
 cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
 evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
 higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
 não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
 manter os ambientes bem ventilados;
 evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
 evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.

Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde
CIEVS-MT 

 

7 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • APOLINARIO USKNOV
    27 Fev 2020 às 19:13

    Poderíamos aproveitar essa desconfiança com relação a Itália e mandar alguns deputados ver o PAPA, e pedir a "benção dos inocentes" também, ou melhor mandar junto bendito Inocente reforçar a benção.

  • serafim
    27 Fev 2020 às 17:38

    Muito convenientemente esse coronavirus esperou o carnaval passar para vir para o Brasil. Antes do carnaval tinha um suspeito, agora temos um doente e centenas de suspeitos...... e aumentando.

  • Mick Oliveira
    27 Fev 2020 às 15:48

    Depois do coronavirus tenho medo do Lorenzettivirus

  • Rosana Giroldi
    27 Fev 2020 às 13:09

    Haverá monitoramento desse isolamento domiciliar? Quem irá fazê-lo? Ou será na base da confiança?

  • Felipe
    27 Fev 2020 às 12:39

    Pode vim coronavírus, porque Cuiabá tem melão de são Caitano, quina curtido na água e se mesmo assim não melhorar , nos fuma narguilé pra mata o viros que fica no pulmão ...

  • Luciano
    27 Fev 2020 às 11:57

    Agora ferrou Deus por todos! Pois se depender da saúde pública a população vai tudo para a vala

  • Joana pedra 90
    27 Fev 2020 às 11:45

    Estou trêmula de medo.

Sitevip Internet