Olhar Direto

Notícias / Cidades

Três aeroportos de Mato Grosso suspendem voos comerciais

Da Redação – Fabiana Mendes

01 Abr 2020 - 10:12

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Três aeroportos de Mato Grosso suspendem voos comerciais
Três aeroportos de Mato Grosso tiveram os voos comerciais suspensos por conta da redução no fluxo de passageiros causada pela pandemia do novo coronavírus. Em Rondonópolis e Sinop (216 e 418 quilômetros de Cuiabá, respectivamente), a decisão segue até o dia 7 de maio. Em Alta Floresta (791 km da Capital), a suspensão é até o dia 30 de junho.

Leia mais:
Empresário morre ao capotar caminhonete nas proximidades da Rodovia dos Imigrantes

Segundo a Concessionária Centro-Oeste Airports (COA), nesse período, o terminal permanecerá aberto, com equipe reduzida, para atender a demanda gerada pela aviação executiva.

Já o Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, faz parte da Operação Malha Aérea Essencial. Organizada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a iniciativa tem o objetivo de garantir que nenhum estado brasileiro fique sem ligação aérea por conta da pandemia.

Ao longo do mês de abril, o Aeroporto Internacional de Cuiabá receberá voos comerciais de domingo a sexta-feira, com rotas regulares para São Paulo (SP), Campinas (SP) e Porto Velho (RO). Os voos serão operados pelas empresas Azul, Gol e Latam.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Zezinho
    01 Abr 2020 às 18:27

    Dudu Mendes Voce e um idiota e fracassado.

  • Homero
    01 Abr 2020 às 11:09

    Todas as esferas de Governo estão criando meios de amenizar a crise financeira provocada pelo novo vírus, tipo pausa no pgto de prestações, suspensão pgto aluguel, ajuda de custo etc. Em vários Estados foi prorrogado o prazo de vencimento do Alvará Sanitário, aliviando, em parte, milhares de empresas de pagarem, por ora, taxas altíssimas para a sua renovação. Pergunta-se: por que o Governo de MT não faz o mesmo?

  • Dudu Mendes
    01 Abr 2020 às 10:35

    Avião é para riquinhos. Bem feito para eles.