Olhar Direto

Quinta-feira, 04 de junho de 2020

Notícias / Política MT

Mendes cita 'descoordenação' e critica prefeitos por 'campeonato nacional' de decretos

Da Redação - Arthur Santos da Silva

01 Abr 2020 - 17:21

Foto: Rogério Florentino/ Olhar Direto

Mendes cita 'descoordenação' e critica prefeitos por 'campeonato nacional' de decretos
Mauro Mendes (DEM) alertou nesta quarta-feira (1), em debate entre governadores realizado pelo site Uol, que houve uma "descoordenação" que prejudicou os primeiros atos de combate ao novo coronavírus. O governador criticou prefeitos e citou o que disse ser o "campeonato nacional" de decretos.

Leia também 
Governo identifica três cidades com transmissão comunitária do novo coronavírus em MT


"Existiu desde o início dessa crise uma descoordenação nacional, talvez do Ministério [da Súde], definindo parâmetros do que pode ou não pode fazer, do que deve ou não deve fazer a partir do momento que você identifica algum caso do coronavírus na sua cidade ou no seu estado", afirmou.
 
Segundo Mauro Mendes, as cidades de Mato Grosso possuem características diferentes, por exemplo, se comparadas a São Paulo.  "Em nosso estado, nós vimos prefeito que não tem caso suspeito e decretou praticamente 'lockdown' na cidade, para tudo. Não tem a menor razoabilidade. Não tem o menor sentido".
 
"Esta racionalidade se perdeu um pouco durante o bombardeio das informações chegando do mundo inteiro. O prefeito via aquelas imagens lá da Itália, que caminhões estavam sendo recolhidos, corpos, morrendo 800 pessoas por dia, todo mundo achou que a solução era parar tudo", argurmentou o governador.

A Secretaria de Estado de Saúde registrou nesta terça-feira (31), o primeiro paciente curado de Coronavirus em Mato Grosso. Conforme Nota Informativa, há 25 casos confirmados da Covid-19 no Estado.
 
"A virtude está nesse momento no equilíbrio, em tomar decisões mais sensatas, equilibradas, técnicas, para sair um pouco daquele campeonato nacional, vários gestores tomando decisões pela pressão da mídia".

11 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Ivano
    02 Abr 2020 às 10:03

    Acho o seguinte, muitos que estão apoiando essa paralisação do país, tem que ter consciência que a conta vais chegar. Mercados estão lotados, povo fazendo caminhadas, etc. Quer dizer que o vírus só pega quem tá trabalhando? As pessoas do grupo de risco tem que ficar afastadas sim, mas o resto tem que trabalhar. Bolsonaro está certo !!!

  • fernanda
    02 Abr 2020 às 09:36

    por favor tem famílias passado fome vamos abrir comercio.

  • Paulo
    02 Abr 2020 às 00:29

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Jose
    01 Abr 2020 às 20:29

    Todo o Brasil sabe que e o tipo de jogada suja para ferrar o Pais.Quero qual o Governador Macho tirar 40% do duodecimo das Al e Judiciario.Quero ver qual prefeito tambem ira tirar 40% do repasse para a cameras de vereador.

  • Carlos
    01 Abr 2020 às 19:52

    É governador mas o que o senhor não sabe é que em muitos municípios, como é o caso de Juscimeira, o Prefeito até tentou alinhar o Decreto com o do governo, mas s justiça obrigou ele a voltar e trás e anular o Decreto.

  • PAGADOR DE IMPOSTOS SEM RETORNO
    01 Abr 2020 às 19:09

    E O IPTU VAI PRORROGAR QUANDO AS ALIQUOTAS SÃO ALTAS DEMAIS E OS JUROS ABUSIVOS DEMAIS ,SEM VENDA COMO VAMOS PAGAR ?

  • Moreira
    01 Abr 2020 às 18:51

    Sigam o Mandetta, cara técnico e coerente. Grande ministro do Governo Bolsonaro.

  • MM
    01 Abr 2020 às 18:38

    Concordo! Mas o estado tem feito o mesmo. Olha essa bagunça dos ônibus.

  • valdiney mendes
    01 Abr 2020 às 18:24

    Nunca fomos preparando para uma grade pandemia e hoje vemos que os líderes estão confuso. Presidente com total despreparo com a saúde e muitos governadores seguindo. Então os prefeitos estão tentando ajudar a não deixar os hospitais cheios de doentes.

  • Contribuinte
    01 Abr 2020 às 18:18

    Coerentes às palavras do Governador, muitos exageros cometidos por determinados gestores que causaram mais efeitos negativos do que positivos.

Sitevip Internet