Olhar Direto

Terça-feira, 22 de setembro de 2020

Notícias / Cidades

Seis meses após lançamento, programa AMOR chega a pacientes que estavam há 20 anos sem atendimento

Da Redação - Isabela Mercuri

05 Jul 2020 - 08:29

Foto: Divulgação

Seis meses após lançamento, programa AMOR chega a pacientes que estavam há 20 anos sem atendimento
Lançado em janeiro de 2020 pelo prefeito Emanuel Pinheiro, após resgatar um ideia da década de 70, o  Programa de Assistência Médica e Odontológica Rural (AMOR) já chegou a dezessete comunidades rurais de Cuiabá, levando atendimento até mesmo a pessoas que não viam um médico há mais de vinte anos. Os trabalhos não foram paralisados durante a pandemia do novo coronavírus, e seis pessoas infectadas foram socorridas e levadas aos locais de referência para tratamento da Covid-19.

Leia também:
“Mães pela Diversidade MT” emite nota de repúdio por atitudes homofóbicas da última semana 

Segundo o enfermeiro Alan M Costa, que atua desde dezembro de 2019 na atenção básica do município, como responsável por uma das equipes da AMOR, uma das maiores satisfações do trabalho foi ter imunizado todos os idosos das comunidades rurais de Cuiabá contra a Influenza, por meio da vacina da gripe.
 
“Crianças e adolescentes estão em dia com a carteira de vacinação, idosos hipertensos e diabéticos são acompanhados e medicados, todos que apresentam necessidade são encaminhados para a atenção especializada”, contou ao Olhar Direto.
 
A equipe pela qual Alan é responsável atende as comunidades do Cinturão Verde, 21 de Abril, Raizama, São Gerônimo (Região Sul de Cuiabá), Pai Joaquim e Três Pedras (Região da Guia), além de duas comunidades terapêuticas que ficam nas proximidades dessas comunidades. Outra equipe atende, ainda, Coivara, Piquizeiro, Boa Sorte, Gamaliel, Conquista e quatro comunidades terapêuticas menores.
 
“Não existe censo oficial do IBGE para essa área, porém em média, observamos que são de 80 a 100 famílias por comunidade. Encontramos pacientes que estavam há 20 anos sem atendimento de saúde, crianças de cinco anos sem nenhuma vacina realizada”, lembra. “Entendemos que temos cumprido o compromisso que assumimos e estamos entregando muito mais que qualidade, levamos dignidade a essas famílias”.
 
Durante os atendimentos em meio à pandemia, Alan afirma que seis pacientes infectados foram identificados na comunidade São Gerônimo. “Atualmente estamos testando os casos suspeitos e encaminhando aos locais de referência os pacientes com sinais de agravamento da doença”, explica. Desde o último dia 29 de junho, o programa passou a ter, à disposição, os testes rápidos para a Covid-19, para os casos suspeitos e sintomáticos.
 
O projeto ‘AMOR’ foi criado na gestão do ex-prefeito de Cuiabá Rodrigues Palma, que governou a capital entre os anos de entre 1975 e 1979, e seu resgate era um compromisso de campanha do prefeito Emanuel Pinheiro. 
 
Por meio dele, são ofertados os mesmos serviços das unidades estratégia saúde da família (Posto de saúde/unidade física). As equipes são compostas de enfermeiro, médico, cirurgião dentista, psicólogo, assistente social, técnicos de enfermagem e auxiliar de saúde bucal. Além das consultas, são oferecidas vacinas, remédios, coleta de sangue para exames, teste rápido para ISTS, pré-natal, preventivo, extração dentária, limpeza, dentre outros.

“Levamos saúde até as comunidades por meio de uma van, equipada com equipamentos médicos, de enfermagem e odontológicos. Nosso objetivo é levar saúde pública de qualidade às pessoas que tanto precisam, que por questões socioeconômicas, não conseguem se deslocar até uma unidade básica mais próxima. Essas unidades às vezes ficam a 15, 20 até 40 km das comunidades. Em algumas, para ir ao centro de Cuiabá as pessoas chegam a pagar até 200 reais pelo frete”, finaliza o enfermeiro.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet