Olhar Direto

Quinta-feira, 06 de agosto de 2020

Notícias / Cidades

Irmão de ex-deputado federal é preso com mais de 400kg de pasta base cocaína em MT

Da Redação - Isabela Mercuri

05 Jul 2020 - 13:20

Foto: Reprodução / PRF

Irmão de ex-deputado federal é preso com mais de 400kg de pasta base cocaína em MT
Abidiel Pinto Rabelo, irmão do ex-deputado federal Jabes Rabelo, cassado em 1992, foi preso neste domingo (5) pela Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso, com 424,5 kg de substância análoga à pasta base de cocaína, na madrugada deste domingo (5), na BR-163, em Nova Mutum (239km de Cuiabá). Outro homem envolvido no tráfico, de 30 anos, também foi detido.

Leia também:
Homem morre atropelado por caminhão em rodovia
 
O traficante já tem histórico com a Polícia. Em 2001, ele fugiu da carceragem da Superintendência da instituição, em Rondônia, onde estava preso. Seu irmão, Jabes Rabelo, foi cassado em 1992, após fornecer uma carteira falsa de funcionário da Câmara para ele.
 
Em 1991, os dois estiveram envolvidos na maior apreensão de cocaína que havia ocorrido até a data no Brasil: 554 quilos da droga pura, transportada por Abdiel e outro irmão, Nobias Pinto Rabelo.
 
O Jornal do Brasil, em 1991, noticiou o fato e indicou: “Abdiel, com várias passagens pela polícia, uma delas por tráfico, mas de pequena monta, era transportador do Cartel de Cáli, a segunda maior organização mundial do tráfico, depois do Cartel de Medellin. De Cali sai 60% da droga vendida nos Estados Unidos e na Europa. Na época, o quilo da cocaína no mercado internacional estava avaliado entre 20 mil e 22 mil dólares” (Jornal do Brasil, Rio de Janeiro/RJ, 11/07/1991).

Já em 2004, foi descoberto, segundo a Folha de São Paulo, que Abdiel comandava uma operação que manteve um boliviano de 31 anos refém durante seis meses em troca do pagamento adiantado de meia tonelada de cocaína.

"O refém pertence à quadrilha produtora da droga, na Bolívia, segundo a Polícia Civil paulista. Só seria libertado quando toda a carga negociada chegasse às mãos dos brasileiros. Se isso não acontecesse, seria assassinado.

Cinematográfica, a história não termina por aí. Após cinco meses de investigação e interceptações telefônicas, os policiais identificaram o chefe da organização criminosa: um preso.

Ele é Abdiel Pinto Rabelo, 49, irmão do ex-deputado federal Jabes Rabelo (PL-RO). Membro de uma das mais ricas famílias de Rondônia, Abdiel dava ordens aos comparsas por telefone, de uma cela da Penitenciária Nestor da Canoa, em Mirandópolis (607 km de SP), uma das que têm bloqueador de celular. A Secretaria da Administração Penitenciária disse que, instalados há mais de um ano, "os aparelhos já são suscetíveis a novas tecnologias",
diz a matéria da época. 

A apreensão

Segundo informações da assessoria da PRF, através de policiamento orientado pela inteligência, dois veículos que trabalhavam em conjunto para realizar o transporte da droga foram abordados. 

Um deles era uma Chevrolet/S10, com placas de Belo Horizonte/MG, conduzida por um senhor de 66 anos que atuava como batedor. O outro veículo, uma Toyota/Hilux, com placas de Uberlândia/MG, conduzida por um homem de 30 anos e que estava carregada com 410 tabletes da droga. Em ambos veículos, foram encontrados rádios transmissores para comunicação durante o trajeto.

Ao ser questionado, o condutor do veículo com a droga disse que a levaria de Campo Novo do Parecis/MT para Uberlândia, e que receberia certa quantia em dinheiro para realizar o transporte. O senhor que conduzia o veículo batedor, Abidiel, não se manifestou.

Em 2020, a PRF em Mato Grosso, já apreendeu quase 2 toneladas de cocaína. Somente nessa apreensão, a polícia causa um prejuízo de mais de 53 milhões de reais aos cofres do narcotráfico.

15 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • ceceu
    06 Jul 2020 às 22:55

    tomar os bens

  • HIPOCRISIA ESQUERDISTA
    06 Jul 2020 às 13:22

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • XÔMano
    06 Jul 2020 às 11:57

    O que tem haver a prisão desses traficantes com o avião do Presidente, é cada idiota que comenta não sabe o que ta comentando ...

  • Nonato
    06 Jul 2020 às 11:16

    Isso è uma tremenda injustiça contra esse cidadão.. Pq prender o coitado..tudo que ele transportava..era pra consumo proprio

  • COMUNISTAS, A ESCÓRIA
    06 Jul 2020 às 10:05

    FILIADO AO PTB... mais um comunista, o que esperar??!

  • Zeca
    06 Jul 2020 às 08:00

    Fátima, tem que por nome não só do irmão mas do pai, da mãe, avô, avó e demais da família, para que todos saibam a laia a quem pertence!

  • castro indignadoe
    06 Jul 2020 às 00:13

    Parabéns à Polícia! e o avião do presidente? aquelas coisinha apreendida, esqueceram? Tem que perguntar pro nosso chefe do SNI? Acho que ele sabe. kkkkkkkkk

  • Eita
    05 Jul 2020 às 16:14

    O fruto não cai longe da árvore. Kkkkkkkkkkkkkkk

  • Aroldo (nova Ubiratã MT )
    05 Jul 2020 às 15:54

    100Duvidas que no (SUPREMO) eles Ganham... Voto a Voto pra Condicional

  • O atalaia
    05 Jul 2020 às 15:12

    Esse Jabes Rabelo já representou o trafico de drogas na Câmara Federal, mas foi cassado, mas existem muitos parlamentares que ainda vivem do tráfico, não sabemos até quando....

Sitevip Internet