Olhar Direto

Sábado, 31 de outubro de 2020

Notícias / Cidades

Morre Bispo Dom Pedro Casaldáliga, um dos maiores defensores dos direitos humanos do Brasil

Da Redação - Wesley Santiago

08 Ago 2020 - 10:37

Foto: Reprodução

Morre Bispo Dom Pedro Casaldáliga, um dos maiores defensores dos direitos humanos do Brasil
Morreu na manhã deste sábado (08) Dom Pedro Casaldáliga, Bispo Emérito da Prelazia de São Félix do Araguaia (Mato Grosso) e Missionário Claretiano. Ele estava internado em estado grave na cidade de Batatais (SP). O óbito foi confirmado pouco depois das 09h30.

Leia mais:
Bispo Dom Pedro Casaldáliga está internado em estado grave com problemas respiratórios

A informação foi confirmada pela Prelazia de São Félix do Araguaia, a Congregação dos Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria (Claretianos) e a Ordem de Santo Agostinho (Agostinianos).

O Bispo estava internado em um hospital por conta de um problema respiratório que se agravou nos últimos dias. De acordo com informações da Igreja Matriz da cidade, o último exame feito no líder religioso indicava que ele não estava infectado com a Covid-19. 

O velório está marcado para acontecer em três locais: Batatais (SP), Ribeirão Cascalheira e São Felix do Araguaia (ambos em Mato Grosso).

Em Batatais, o corpo será velado a partir das 15 horas deste sábado, na capela do Claretiano - Centro Universitário de Batatais, unidade educativa dirigida pelos Missionários Claretianos. A missa de exéquias será celebrada, em Batatais, no dia 09 de agosto de 2020 às 15h

Em Ribeirão Cascalheira, será velado no Santuário dos Mártires, a partir do dia 10 de agosto, sem previsão de horário de chegada do corpo.

Depois disto, segue para a cidade de São Felix do Araguaia, onde o corpo será velado no Centro Comunitário Tia Irene. Lá, também ocorrerá o sepultamento.

Casaldáliga é conhecido mundialmente por conta de suas batalhas e defesas em prol dos menos favorecidos. Na região do Araguaia ele tem um trabalho prestado a favor de indígenas, quilombolas e sem terras. Na Pastoral da Terra, ele tem trabalho prestado e reconhecido até pelo Vaticano. 

Recentemente, ele assinou uma carta contra o presidente Jair Bolsonaro, citando que o Governo Federal se omite pelos mais pobres. Além de Dom Pedro, outros dois bispos também assinaram a carta e enviaram ao chefe da nação. 

Atualizada às 10h36

Comentários no Facebook

Sitevip Internet