Olhar Direto

Terça-feira, 01 de dezembro de 2020

Notícias / Política MT

Onyx critica atuação de Mandetta por recomendação para que pacientes ficassem em casa

Da Redação - Max Aguiar

28 Set 2020 - 17:01

Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

Onyx critica atuação de Mandetta por recomendação para que pacientes ficassem em casa
Em visita a Cuiabá nesta segunda-feira (28), o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, não falou apenas de assuntos pertinentes à sua pasta, mas também engrossou a defesa em favor do atual presidente da República, Jair Bolsonaro, e aproveitrou para criticar o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que durante seus dias de trabalho na pandemia pedia que a população ficasse em casa após contrair o vírus. 

Leia mais:
MT recebe mais de R$ 10 mi para compra de alimentos e Mauro diz que vai dobrar o valor em 2021

Para Onix, Mandetta é um dos principais culpados pelo alto número de doentes e principalmente mortes no Brasil. "O Mandetta foi uma grande decepção. Porque ele dizia fica em casa. Não vá para o hospital. Eu passei pela Covid, quem passou pelo Covid sabe que no primeiro, segundo terceiro dia de sintoma é importante procurar um médico. Eu usei o protocolo eu sou alguém que obedeceu o meu médico. Ao contrário disso, quantos ficaram em casa e acabaram morrendo?", questionou o ministro durante coletiva no Palácio Paiaguás. 

Além do ministro Onyx, sua família inteira foi infectada com o novo coronavírus e o próprio presidente Jair Bolsonaro também teve Covid-19. Ao elogiar a atuação do presidente no combate a doença, ele também agradeceu e disse que ficou feliz ao ver o governador Mauro Mendes defender Bolsonaro, por ser uma pessoa séria. 

"Quando a gente começou a caminhar, era difícil. Mas consolidamos o trabalho. Eu fico feliz em  ver o governador Mauro Mendes, que é um homem sério, defendendo o presidente. E vamos passar todos os meses sem ter um caso de corrupção. Assim esperamos", concluiu Onyx. 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet