Olhar Direto

Segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

Notícias / Ciência & Saúde

Clínica Vital Kids oferece terapia intensiva com exoesqueleto flexível; veja vídeo

Da Redação - José Lucas Salvani

03 Dez 2020 - 15:44

Foto: Reprodução

Clínica Vital Kids oferece terapia intensiva com exoesqueleto flexível; veja vídeo
A Clínica Vital Kids oferece uma terapia intensiva chamada Método Treini, conhecido como Treinamento Neurológico Intensivo, que tem como base o uso de um exoesqueleto flexível, ideal para o clima mato-grossense. Nesta quinta-feira, a data é marcada pelo Dia Internacional do Deficiente Físico.

Leia mais:
Crianças com paralisia cerebral podem atingir seus potenciais a partir de bons tratamentos, defende fisioterapeuta

Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Camila Albues é a pioneira do estado de Mato Grosso e desde 2012 oferece o conceito Bobath Avançado com a Terapia Intensiva na Clínica Vital Kids Reabilitação Infantil Avançada em Cuiabá.

Camila entende que a fisioterapia se tornou indispensável na vida dessas pessoas. “A fisioterapia promove a reabilitação ao deficiente físico na busca pelo aprendizado e retorno da função pensando sempre em excelência para uma melhor qualidade de vida”, ponderou ela que é Doutoranda em Distúrbios do Desenvolvimento pelo Mackenzie em SP na busca de evidências científicas no tratamento.
 

“Infelizmente no Brasil existe uma carência de tecnologias e tratamento ao deficiente físico, principalmente na acessibilidade. Muitos cadeirantes não estão nas ruas se locomovendo por falta de acessibilidade. As ruas, calçadas e  semáforos não são projetados para pessoas com baixa visão, e os estabelecimento comerciais e públicos não são adaptados prontos para receber pessoas que possuam qualquer deficiência”, afirma Albues.

Mãe de um filho autista, ela relata as dificuldades que passa diariamente para ele possua o máximo de independência e uma melhor qualidade de vida. “Espero que um dia em nosso país as pessoas com deficiência possam ter o respeito que merecem das autoridades, pois quase nada tem sido feito pela pessoa com deficiência” desabafa Albues.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet