Olhar Direto

Terça-feira, 15 de junho de 2021

Notícias | Ciência & Saúde

​RESULTADO DE AGLOMERAÇÕES

Prefeitura afirma que metade dos leitos de UTI para Covid-19 estão ocupados e pede prudência

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Prefeitura afirma que metade dos leitos de UTI para Covid-19 estão ocupados e pede prudência
Na manhã desta sexta-feira (8), metade dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para Covid-19 disponibilizados pela Prefeitura de Cuiabá estavam ocupados. No Hospital Referência à Covid-19 (antigo Pronto Socorro), a taxa de ocupação era de 55% na ala adulta e de 33,3% na ala infantil. Já no Hospital São Benedito, a taxa de ocupação registrada era de 45%. Conforme boletim divulgado pela Vigilância Epidemiológica de Cuiabá, na noite de quinta-feira (7), 44,5% dos pacientes internados nesses leitos de UTI são oriundos de outros municípios de Mato Grosso e até de outros estados.

Leia mais:
Carreta é jogada para fora da pista após colisão com outro veículo de carga na BR-163

Atualmente, a rede municipal de saúde de Cuiabá conta com 135 leitos exclusivos para Covid-19, o que representa 1/3 do total de 418 leitos de UTI para Covid-19 pactuados na rede pública de Mato Grosso. Desses 135 leitos, 95 estão no Hospital Referência, sendo 80 adultos e 15 pediátricos e 40 no Hospital São Benedito. 

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Ozenira Félix, “esses números assustam bastante, mas, mesmo próximo ao Natal, nossas equipes já tinham feito a previsão de aumento dos casos e de internações, com base em estatísticas e acompanhamento dos dados. Vamos ter ainda outra subida grande em função das festas de ano novo”, afirma. 

A secretária ressalta que a população é a principal responsável por conter o avanço do novo coronavírus. “O sistema Único de Saúde tem as suas limitações, nós temos a quantidade de leitos, a quantidade de profissionais, nós temos tudo limitado. A população precisa entender que nós temos que tomar cuidado, nós temos que evitar aglomeração porque isso é resultado das aglomerações”, avalia.

A Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá disponibiliza à população atendimento médico para casos leves de síndrome gripal em todas as unidades básicas de saúde distribuídas pelos bairros e comunidades rurais da cidade, sendo que em 21 unidades polo há realização de testes rápidos e exames do tipo RT-PCR, além da distribuição do kit Covid-19, com medicamentos para tratamento precoce da doença, em 15 unidades e nas UPAs e policlínicas. Ambos os procedimentos (exames e entrega do kit Covid) são feitos mediante prescrição médica. 

Na atenção secundária, as Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) e policlínicas também realizam o atendimento dos pacientes com sintomas moderados da Covid-19 e a rede conta com a UPA Verdão como unidade referência, com leitos de retaguarda.

Apesar de todo o sistema de saúde estar preparado, a secretária Ozenira Félix reforça o pedido para que todos os cuiabanos façam a sua parte na luta contra a pandemia, que ainda não acabou. 

“Por mais que a gente prepare a rede, nós temos uma limitação. Temos metade dos leitos ocupados e também estamos com as unidades de saúde com muitas pessoas procurando. O que a gente pede à população é que, se são sintomas leves, você vá a nossa unidade básica de saúde e lá você será orientado a fazer o isolamento em casa ou fazer exames, se necessário. Mas que as pessoas se atenham ao cuidado! Tenham cuidado, tem que fazer o isolamento, se possível. Todo mundo tem que trabalhar, tem que sair, mas tem que ir tomando todos os cuidados”, apela.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet