Olhar Direto

Quinta-feira, 24 de junho de 2021

Notícias | Cidades

funcionário terceirizado

Polícia Civil prende autor de furto de R$ 1,6 mil de dentro de bolsa de cliente em supermercado atacadista

Foto: Rogério Florentino/ Olhar Direto

Polícia Civil prende autor de furto de R$ 1,6 mil de dentro de bolsa de cliente em supermercado atacadista
O furto de uma expressiva quantia de dinheiro de dentro da bolsa de cliente em um supermercado atacadista foi esclarecido pela Polícia Civil, no sábado (8), logo após a vítima procurar a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG). Um funcionário terceirizado foi identificado como autor do crime e foi autuado em flagrante pelo furto.

Leia também 
Homem que abusava da enteada de 12 anos é preso após denúncia da tia


As investigações iniciaram quando a vítima de 63 anos procurou a Derf-VG o furto de mais de R$ 1,6 mil de dentro de sua bolsa, ocorrido dentro do atacadista. Segundo a comunicante, ela estava no supermercado, quando retirou a bolsa do carrinho para organizar as compras e deixou em cima de um palet.

A bolsa foi devolvida no setor de perdidos e achados do supermercado, porém a quantia em dinheiro havia desaparecido. Com base nas informações, os policiais da Derf-VG foram até o atacadista, onde em análise das câmeras de segurança foi possível identificar o autor do furto como sendo um funcionários terceirizado que triabalha na empresa.

Nas imagens, ele aparece pegando a bolsa, ficando com ela por algum tempo, até que o corredor ficasse vazio, momento em que retirou algo de dentro dela e escondeu no bolso da roupa que usava. O próprio funcionário após cometer o furto devolveu a bolsa no setor de perdidos e achados do supermercado.

Diante das evidências, os policiais da Derf-VG realizaram diligências em busca do suspeito que foi preso em flagrante em posse de R$ 1.642 furtados da bolsa da vítima. O suspeito foi conduzido à delegacia, onde após ser interrogado pela delegada, Elaine Fernandes de Souza, foi autuado em flagrante pelo furto.

“A vítima agradeceu a equipe policial, afirmando que não poderia perder o dinheiro que havia acabado de sacar para efetuar o pagamento semanal dos seus funcionários, assim como outras contas do seu comércio”, disse a delegada.

 

Comentários no Facebook

Sitevip Internet