Olhar Direto

Terça-feira, 07 de dezembro de 2021

Notícias | Cidades

​DESEMPENHO RUIM

Ministério da Saúde aponta que MT possui a maior taxa de mortalidade por Covid-19 do país; veja tabela

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Ministério da Saúde aponta que MT possui a maior taxa de mortalidade por Covid-19 do país; veja tabela
O Boletim Epidemiológico Especial nº 80, do Ministério da Saúde, que contabiliza dados desde o início da pandemia até a Semana Epidemiológica (SE) 36, referente ao período de 5 a 11 e setembro, apontou que Mato Grosso é o Estado com maior taxa de mortalidade por Covid-19. Apesar de possuir a menor taxa de incidência, Mato Grosso é o único Estado do Centro-Oeste que não diminuiu o percentual de óbitos pela doença, que permaneceu estável.
 
Leia mais:
Quase 27 mil pessoas ainda não se cadastraram para tomar primeira dose da vacina contra Covid-19 em Cuiabá
 
O documento divulgado pelo Ministério da Saúde considerou dados acumulados de casos e óbitos desde 26 de fevereiro de 2020 até 11 de setembro de 2021. Neste período o Estado de Roraima apresentou a maior incidência do país, 19.722,1 casos/100 mil hab., enquanto que a maior taxa de mortalidade foi em Mato Grosso, que apresentou 379,8 óbitos/100 mil habitantes.
 
Na região Centro-Oeste, como um todo, houve uma incidência de 13.389,8 casos/100 mil hab. e mortalidade de 339,1 óbitos/100 mil hab. O Distrito Federal apresentou a maior taxa de incidência (15.687,7 casos/100 mil hab.) e o Mato Grosso a maior taxa de mortalidade.
 
Na SE 36 Mato Grosso esteve entre as cinco unidades federativas (UF) que apresentaram a maior taxa de incidência de casos. O Distrito Federal apresentou o maior valor (159,2 casos/100 mil hab.), seguido por Rio de Janeiro (129,2 casos/100 mil hab.), Goiás (128,2 casos/100 mil hab.), Espírito Santo (119,2 casos/100 mil hab.) e Mato Grosso (97,1 casos/100 mil hab.).
 
A pesquisa também apontou que houve redução do número de casos novos em todas as UFs do Centro-Oeste, sendo Mato Grosso do Sul (-59%), Mato Grosso (-47%), Goiás (-39%) e Distrito Federal (-21%). No entanto, com relação à redução do número de óbitos, enquanto houve queda em Mato Grosso do Sul (-36%), Distrito Federal (-22%) e Goiás (-8%), houve estabilidade em Mato Grosso (-3%).






Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet