Olhar Direto

Sexta-feira, 20 de maio de 2022

Notícias | Cidades

novo decreto

Emanuel se diz irritado e proíbe Águas Cuiabá de iniciar obras em vias pavimentadas

01 Dez 2021 - 12:05

Da Redação - Fabiana Mendes / Da Reportagem Local - Airton Marques

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Emanuel se diz irritado e proíbe Águas Cuiabá de iniciar obras em vias pavimentadas
Irritado com a qualidade do serviço prestado pela Águas Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), editou um decreto que proíbe a Concessionária de realizar novos serviços de implantação de rede coletora de esgotos em ruas asfaltadas pelo período de 90 dias. O anúncio foi dado nesta quarta-feira (1).

Leia também:
Cadastramento para solicitação de matrículas na rede estadual inicia hoje

“Estou profundamente irritado com a restauração das vias em virtude da implantação da rede coletora de esgoto na capital. Estamos fazendo uma revolução embaixo da terra em Cuiabá, já disse que até o final do meu mandato Cuiabá será uma das poucas capitais do pais universalizada o saneamento básico. Entretanto, a Águas Cuiabá não está tratando Cuiabá com respeito que merece, a gestão Emanuel Pinheiro com o respeito que merece”, disse. 

O gestor considerou “porco” o serviço de recapeamento feito asfáltico da Concessionária. A partir de agora, a Águas Cuiabá só pode realizar implantação de rede coletora de esgoto em vias não pavimentadas. O decreto deve ser publicação nesta quinta-feira (2), no Diário Oficial dos Municípios.

Além disso, conforme Emanuel, o vice-prefeito e secretário de Obras José Stopa (PV) irá fazer um levantamento de todos os serviços realizados para que, juntamente com a Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos (Arsec), fiscalize a qualidade dos reparos e notifique a Águas Cuiabá para  que, se necessário, o recapeamento seja refeito.

Outro ponto do decreto é a exigência de um cronograma para realização de obras. Enquanto isso, os trabalhos na capital devem ser feitos em vias não pavimentadas e os que já foram realizados em ruas e avenidas com asfalto deverão ser refeitos com qualidade.

ÁGUAS CUIABÁ: NOTA À IMPRENSA

A Águas Cuiabá registra que o cronograma de obras anual é entregue regularmente ao ente regulador, a Arsec, sendo todas as obras executadas em vias públicas devidamente acompanhadas pela Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob). 

Comprometida com a meta de universalizar o saneamento em Cuiabá até 2024, a Águas Cuiabá reconhece que o alto investimento impacta em um transtorno temporário à população. Entretanto, a concessionária ressalta que os benefícios para a saúde e qualidade de vida de todos os cuiabanos serão permanentes, transcendendo gerações.

A empresa esclarece que as obras contam com garantia de cinco anos. Somente em 2021, foram construídos 180 quilômetros de rede coletoras de esgoto. Qualquer inconformidade pode e deve ser alertada pela comunidade, por meio dos canais de atendimento da concessionária. Reclamações recebidas estão sendo prontamente checadas pela equipe de fiscalização de qualidade da Águas Cuiabá, que a tempo aciona as providências necessárias junto a profissionais e empresas prestadoras de serviços.

A Águas Cuiabá ressalta, inclusive, que além de ampliar a equipe de fiscalização, contratou uma consultoria externa para encontrar novas metodologias de recomposição asfáltica. 

Em 2021, já foram investidos mais de R$ 200 milhões para viabilizar o alcance da meta de 78% de cobertura de coleta de esgoto. Para garantir essa ampliação do sistema de esgotamento sanitário em Cuiabá, a concessionária atuou com cerca de 1.500 profissionais diretos e indiretos, distribuídos em quase 60 frentes de obras ao longo do ano. 

A concessionária reafirma seu compromisso em entregar a Cuiabá o melhor saneamento para o Brasil, mantendo-se à disposição do Poder Concedente e sociedade para quaisquer esclarecimentos sobre suas atividades.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet