Olhar Direto

Domingo, 14 de agosto de 2022

Notícias | Política MT

VISITA AO PAIAGUÁS

Mandetta diz que Mauro tem gestão “monumental” e que candidatura de Bivar não deve atrapalhar reeleição

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Mandetta diz que Mauro tem gestão “monumental” e que candidatura de Bivar não deve atrapalhar reeleição
O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (UNIÃ0) aproveitou passagem por Cuiabá para “visitar” aliados no Palácio Paiaguás na última quinta-feira (19). Após reunião com o secretário-chefe da Casa Civil, Rogerio Gallo, e com o vice-governador Otaviano Pivetta (Republicanos), teceu diversos elogios a atual gestão e avaliou que a eventual candidatura de Luciano Bivar (UNIÃO) a Presidência da República não deve atrapalhar os planos de reeleição de Mauro Mendes (UNIÃO), que ultimamente tem se aproximado do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Leia mais:
'Interesses de MT estão acima de qualquer questão eleitoral', diz Mauro sobre relação com Bolsonaro
 
Mandetta está em Cuiabá para participar de evento do Rotary International e disse que quis saber como estava a situação de unidades como a Santa Casa, cuja intervenção que tornou o hospital estadual ocorreu enquanto ele era ministro da Saúde.
“Ajudei muito Cuiabá, então gostaria de saber como é que estão as coisas. A reabertura da Santa Casa, do novo Hospital Municipal, aquilo foi uma luta”, disse.  

Questionado se a agenda também incluía assuntos político-partidários, confirmou que sim. “A gente sempre conversa de política, ainda mais nesse momento em que tá todo mundo pensando nisso. Vejo que o Mauro fez um trabalho monumental aqui em Mato Grosso e deve estar caminhando para uma reeleição”, destacou.

Questionado sobre a recente aproximação de Mauro Mendes com o presidente Jair Bolsonaro, que deve enfrentar candidatura de oposição do próprio União Brasil ou de grupo no qual o partido deva estar inserido, Mandetta afirmou que não acredita que as alianças nacionais tenham peso suficiente de influenciar nas eleições dos estados.

“Eu acho que é indiferente. O eleitor vai fazer uma análise muito daquilo que está próximo dele, ele quer saber quem é que vai administrar Mato Grosso, se eles vão continuar com um Estado com contas equilibradas, com capacidade de investimento, recuperando o sistema de Saúde”, pontuou.
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet
x