Olhar Agro & Negócios

Terça-feira, 13 de abril de 2021

Notícias / Pecuária

ANÁLISE DO IMEA

Trimestre registra maior escala de abate da história da pecuária de Mato Grosso

Os técnicos do Imea analisam que, pelo lado da demanda interna não houve grandes alterações, porém, quando se analisa a demanda externa pela carne mato-grossense, esta sim teve um aumento substancial.

De Sinop - Alexandre Alves

18 Abr 2013 - 08:07

Foto: Imea

Trimestre registra maior escala de abate da história da pecuária de Mato Grosso
O primeiro trimestre de 2013 registrou a maior escala de abate da série histórica do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), com 8,78 dias, que equivale a 2,32 dias a mais que a escala registrada no primeiro trimestre do ano passado e 3,09 a mais que o registrado em 2011.

“É importante ressaltar que a estratégia de comercialização utilizada por alguns frigoríficos no Estado fazem com a escala de abate fique maior, encontrando-se escalas superiores à média”, pontua o último boletim da bovinocultura, elaborado pelo instituto.

Custo de milho em baixa e arroba do boi em alta favorece confinamento em MT

Os técnicos do Imea analisam que, pelo lado da demanda interna não houve grandes alterações, porém, quando se analisa a demanda externa pela carne mato-grossense, esta sim teve um aumento substancial. Mato Grosso exportou, no primeiro trimestre de 2013, 53.457 mil toneladas equivalente carcaça, 14,39 mil toneladas a mais quando comparado ao mesmo período de 2012.

“Portanto, em um cenário com oferta de boi, de certo modo, restrita, e uma demanda externa elevada, o preço da arroba do boi gordo conseguiu sustentação em um patamar elevado para o período de safra”, esclarece o boletim do boi.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet