Olhar Conceito

Quinta-feira, 19 de maio de 2022

Notícias | Literatura

mato-grossense

Livro premiado reúne poesias sobre a vida simples e a natureza do Araguaia

Foto: Reprodução / Da Assessoria

Livro premiado reúne poesias sobre a vida simples e a natureza do Araguaia
Uma das dez obras vencedoras do Prêmio Mato Grosso de Literatura, promovido pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC), “No chão do Araguaia, li meu mundo”, foi publicada pela editora Carlini e Caniato Editorial. Reunindo 77 poemas da escritora Irene Severina Rezende, a obra fala sobre o sertão, a vida simples e a natureza.

Leia mais:
Prêmios literários 'Jabuti' e 'Novos Poetas' tem inscrições abertas para todo o Brasil

De acordo com a assessoria, o lançamento do livro acontece em 2016, mas ainda não tem data marcada. Segundo Irene, os poemas de seu livro cantam o chão do Araguaia numa relação com todo o estado de Mato Grosso.

A escritora nasceu em Mineiros, Goiás, porque em Alto Araguaia, cidade de sua mãe, não havia hospital ou médicos para fazer o parto. Aos 14 anos, começou a escrever, mas queimou seus primeiros versos. “Pensava que não possuíam valor literário. Até hoje penso que tomei a decisão correta”.

Há quatro anos Irene começou os versos que deram origem aos poemas de “No chão do Araguaia, li meu mundo”. “Primeiro eu vou escrevendo e guardando. Somente depois que começo a conceber uma obra”, explicou a autora.

Irene é professora titular da Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT) e já publicou os livros “Prolongamento” (2005), “Páginas rendadas colhidas ao amanhecer” (2012) e “O Fantástico no contexto sócio-cultural do século XX: José J. Veiga (Brasil) e Mia Couto (Moçambique)” (2010). Atualmente, reside em Tangará da Serra.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet