Olhar Conceito

Domingo, 20 de outubro de 2019

Notícias / Cinema

Documentário que conta a história de Santo Antônio do Leverger é lançado nesta sexta

Da Redação - Isabela Mercuri

12 Abr 2019 - 14:15

Foto: Da Assessoria

Documentário que conta a história de Santo Antônio do Leverger é lançado nesta sexta
Um documentário sobre o município de Santo Antônio do Leverger será lançado nesta sexta-feira (12), às 18h30, na Praça do Artesão, localizada no centro da cidade. O lançamento faz parte do projeto ‘Sesc na Estrada’ e o filme é uma produção da Terra do Sol Filmes e do Sesc Mato Grosso.

Leia também:
Sessão 'Realizadores de MT' traz obras de Luiz Marchetti ao Cine Teatro nesta terça

Com quarenta minutos de duração, ‘Santo Antônio: Do Rio Abaixo à Leverger’ mostra o valor da cidade para a formação cultural, econômica, social e política de Mato Grosso, focando em suas manifestações culturais, sua origem e sua história.
 
A direção e o roteiro são de Leonardo Sant’Ana, e o filme utiliza registros documentais, ilustrações e entrevistas para remontar toda a história de Santo Antônio, desde os seus tempos primórdios, antes mesmo do município receber este nome. Durante toda a obra é possível identificar um personagem muito importante para a história que, apesar de não ter voz, é apresentado pelos outros: o rio.

Foram entrevistados nove moradores da cidade, além de dois pesquisadores e uma professora de história. “Quando se vai fazer um documentário sobre cidade, nada melhor que as pessoas da cidade”, pontua Leonardo. Segundo o diretor, a abordagem se dá “através das memórias de seus moradores e, obviamente, com o subsídio de pesquisa”.

Segundo o diretor, o filme precisou seguir o ritmo da cidade. E ele só percebeu isso após o primeiro corte do material bruto, que foi filmado durante dez dias. “A cidade tem um ritmo peculiar. É o tempo de uma cidade de interior, onde todo mundo se conhece. É o tempo da pesca. Ela tem essa dinâmica da paciência, da calma, da perseverança, da tradição”.

Durante os dez dias de gravação, a equipe pode presenciar algumas manifestações culturais, como um grupo de cururueiros que se manifestaram ‘sem ensaios’. “Não tinha um grupo de cururu apresentando. Eram vários devotos de Santo Antônio tocando a viola e fazendo o cururu ali mesmo. Isso é de um valor incalculável”, conta o diretor. Além da festa do santo padroeiro da cidade, o município se destaca pelo Boi-à-Serra (manifestação cultural popular que faz parte dos festejos de N. Sra. De Conceição), e pelo carnaval.

O documentário mostra, também, as diversas histórias sobre a origem da cidade. Uma dessas lendas é narrada logo no início do filme, com o auxílio do artista plástico Ric Milk. Ela diz que, na época, a região - onde hoje se situa a cidade - fazia parte das rotas das monções, e por ali passavam os barcos para abastecer as minas na Vila de Cuiabá. Numa dessas viagens, estavam levando a imagem de Santo Antônio para a futura capital de Mato Grosso. No entanto, por ocasião do destino, a embarcação encalhou em uma das praias pelo caminho, exatamente onde viria a ser fundada Santo Antônio, e daí uma das possíveis razões para o nome da cidade, pois “o santo não queria sair dali”.

Em relação à história e economia, o filme aborda o ciclo do açúcar, também conhecido como ‘ciclo da cana’, quando se instalaram oito usinas no município e, como consequência, surgiram os chamados ‘coronéis do açúcar’, grandes latifundiários que detinham o poder econômico e político da região, cujo principal expoente é o ex-governador Antônio Paes de Barros, popularmente conhecido como Totó Paes.

O filme contou, ainda, com a realização em parceria com a Associação Mato-grossense de Inclusão Sociocultural (AMISCIM), Assembleia Legislativa de Mato Grosso e Governo do Estado de Mato Grosso.

Serviço

Lançamento do documentário “Santo Antônio: Do Rio Abaixo à Leverger”
Onde: Praça do Artesão, localizada no centro de Santo Antônio do Leverger
Quando: 18h30 desta sexta (12.04)
Entrada: Gratuita

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Redes Sociais

Sitevip Internet