Olhar Conceito

Sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

Notícias | Turismo

prejuízo ao estado

Empresário do turismo repudia série da Netflix que cria 'mutação do vírus da zika no Pantanal'

Foto: EMILIANO CAPOZOLI/NETFLIX/DIVULGAÇÃO

Empresário do turismo repudia série da Netflix que cria 'mutação do vírus da zika no Pantanal'
O empresário André Turoni, proprietário da pousada Araras Eco Lodge, do Pantanal e membro do Trade Turístico, se manifestou contra a série ‘O Escolhido’, anunciada pela Netflix no último mês de março. No roteiro, um trio de médicos chega ao Pantanal para tentar erradicar uma mutação do zika vírus. As gravações aconteceram em Tocantis mas, segundo o empresário, isso vai prejudicar diretamente o turismo mato-grossense.

Leia também:
Espaço turístico oferece mergulho com cilindro em lagoa a duas horas de Cuiabá

“Nós nunca tivemos nem febre amarela, chikungunya, zika, coisa nenhuma. Agora, usam o nosso nome para isso. Sempre que alguém vinha com essa conversa, a gente explicava que o Pantanal é uma floresta descontínua, o mosquito aedes aegypt não suporta viver no calor, no sol... e agora esses caras vêm, com uma série que vai ter seis capítulos, trazendo essa problemática. Tudo bem, é um filme de ficção, com tribo, com pajé, mas o pajé estará libertando a tribo de uma doença maligna. E nós estamos extremamente preocupados porque agora vem férias de julho, agosto, os casais jovens geralmente viajam... e essa ideia da zika, com  o perigo da microcefalia, vai prejudicar nosso turismo”, lamenta.

Propaganda do 'Araras Lodge' fora do Brasil (Foto: Divulgação)

André e outros empresários estão se articulando politicamente para conseguir fazer uma moção de repúdio à série no Congresso Nacional. “Sempre foi um dos nossos argumentos, na criação do Destino Pantanal, a ausência de mosquitos transmissores de doenças, devido a descontinuidade de floresta. Novas febres estão se apresentando no cenário Sul Americano, permitir o uso do nome Pantanal, associado a doenças graves, transmitido por mosquito, realmente não nos interessa! Pois é sabido pelo Mundo, que aqui tem bastante mosquito em certos períodos, mas nunca transmissores de doenças! Não sei como combater, mas a questão nos diz respeito, sim. Minha singela opinião”, afirma.

A série é uma produção da própria Netflix e tem Paloma Bernardi como protagonista. Ela é uma adaptação da produção da TV Mexicana ‘Niño Santo’ para a realidade brasileira. Recentemente, a Netflix anunciou a data de estreia para 28 de junho. A primeira temporada tem seis episódios.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet