Olhar Direto

Quarta-feira, 26 de janeiro de 2022

Notícias | Cidades

NÃO ACEITAVA SEPARAÇÃO

Servidor público assassina ex-mulher e depois se mata na frente dos filhos

Foto: Marcus Vaillant

Servidor público assassina ex-mulher e depois se mata na frente dos filhos
Um servidor público, identificado como Vitorino José da Cruz, assassinou sua ex-mulher, identificada como Célia Cristina Ferreira, no final da manhã deste domingo (14)  em Várzea Grande e depois se matou na frente dos filhos. Uma das testemunhas era uma criança, filho do casal.

Leia mais:
Homem tenta matar irmão com tiros de espingarda durante discussão em MT
 
De acordo com informações da Polícia Militar, por volta das 11h45 Vitorino, que apesar de estar separado de Célia ainda mora na mesma casa, chegou à residência no bairro Pirinéu e disse para os filhos saírem porque iria conversar com a mãe.

Ele foi até o quarto e efetuou quatro disparos contra a mulher, que morreu no local. Depois ele foi até o corredor da casa e, na frente dos filhos, deu um tiro em sua cabeça, morrendo na hora.

O casal ficou junto por mais de 15 anos e Vitorino não aceitava o fim do relacionamento. Juntos eles tinham um filho, mas também tinham outros de antigos relacionamentos. Os outros dois filhos, membros da família, chegaram depois.

Vitorino trabalhava na Superintendência de Esportes da Prefeitura de Várzea Grande e era vice-presidente do Sindicato dos Taxistas de Várzea Grande (Sitavag). A Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foram acionadas e foram ao local fazer as apurações.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet