Olhar Direto

Sábado, 15 de maio de 2021

Notícias | Política BR

FIM DA CRISE

Henrique Mandetta é demitido do Ministério da Saúde após reunião de Bolsonaro com Nelson Teich

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Henrique Mandetta é demitido do Ministério da Saúde após reunião de Bolsonaro com Nelson Teich
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, acaba de confirmar que foi "avisado" sobre sua demissão do cargo. Ele esteve reunido há pouco com o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), que durante a manhã conversou com o médico Nelson Teich, suposto substituto de Mandetta.

Leia mais:
Jayme sai em defesa de Mandetta e diz que Bolsonaro “extrapola parâmetro de um homem público”

"Acabo de ouvir do presidente Jair Bolsonaro o aviso da minha demissão do Ministério da Saúde. Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ser gerente do nosso SUS, de pôr de pé o projeto de melhoria da saúde dos brasileiros e de planejar o enfrentamento da pandemia do coronavírus, o grande desafio que o nosso sistema de saúde está por enfrentar. Agradeço a toda a equipe que esteve comigo no MS e desejo êxito ao meu sucessor no cargo de ministro da Saúde. Rogo a Deus e a Nossa Senhora Aparecida que abençoem muito o nosso país", escreveu Mandetta em sua conta no Twitter.

A crise entre o presidente e o ministro se tornou pública há pouco mais de duas semanas. Bolsonaro chegou a estimular manifestações de rua em seu apoio em meio à pandemia e cumprimentou manifestantes em frente ao Palácio do Alvorada no dia dos atos, 15 de março. Além disso, foi pessoalmente a estabelecimentos comerciais de Brasília para interagir e, novamente, cumprimentar populares.   

A situação foi se agravando nos últimos e, depois de dizer que não iria demitir Mandetta “em meio a guerra”, Bolsonaro confidenciou a aliados que a exoneração do ministro estava pronta para ser publicada.  

Na tarde desta quinta-feira (16), Bolsonaro chamou Mandetta para uma reunião, que durou pouco mais de 30 minutos. Ao sair do Planalto, o ministro informou ainda do carro - ele se dirige para o Ministério da Saúde, onde fará coletiva de imprensa em instantes - que havia sido comunicado sobre sua decisão. Bolsonaro também convocou coletiva de imprensa para logo mais.

Principal cotado para o cargo

Nesta quinta-feira (16), Bolsonaro recebeu o oncologista e empresário do setor da saúde Nelson Teich no Planalto. Formado em medicina pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Nelson Teich foi consultor informal para a área de saúde na equipe do presidente Jair Bolsonaro durante a campanha de 2018.

Teich é fundador e presidente do grupo Clínicas Oncológicas Integradas (COI), ele também assessorou o secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Denizar Vianna, de setembro de 2019 a janeiro de 2020.

Comentários no Facebook

Sitevip Internet