Olhar Conceito

Quinta-feira, 19 de maio de 2022

Notícias | Literatura

quadrinhos MT

Projetos de histórias em quadrinhos contempladas pela SEC são lançados no próximo mês

Foto: Reprodução / Ilustração

Projetos de histórias em quadrinhos contempladas pela SEC são lançados no próximo mês
Três projetos de Histórias em Quadrinhos foram aprovados por um edital da Secretaria de Estado de Cultura de Mato Grosso, e já estão em desenvolvimento. Criado pela primeira vez em 2015, o prêmio Quadrinhos MT concedeu apoio no valor de R$ 20 mil a cada um dos três projetos contemplados.

Leia mais:
Livro conta a história de poconeanos ilustres e da origem da cidade

De acordo com a assessoria, os premiados foram Temer de Souza Curi Filho, Caroline Calzolari e Rubens Augusto Sella que, em todas as histórias, trazem à tona a preocupação com o meio ambiente, com os povos indígenas ou ribeirinhos.
‘Cuiabaninho – um apaixonado por pesca’ foi o projeto de Temer, que conta a história de um ribeirinho e, com isso, fala sobre a preservação ambiental e os cuidados necessários com o Rio Cuiabá. A HQ será lançada já em junho.

Caroline inscreveu seu projeto ‘Entre Lendas’ e foi premiada. Nele, o protagonista é um jovem de 16 anos que vive no Brasil em 1912. Enviado para uma fazenda perto da Floresta Amazônica, ele descobre os ‘segredos da mata’.

“A narrativa é inspirada no folclore brasileiro, que considero riquíssimo, e traz como mensagem principal o respeito pelo equilíbrio da natureza e a coragem para superar os próprios medos”, revela Caroline. “Entre Lendas reconta uma das mais famosas lendas brasileiras, mas para descobrir qual é o leitor tem que ler a história até o fim”.

O lançamento deste livro também está previsto para junho e, segundo Caroline, vai ser adaptado para prosa e impresso em braile para aumentar a acessibilidade aos leitores com deficiência visual.

O terceiro projeto contemplado, ‘Peripécias Nativas’, de Rubens, conta a aventura de um mestre das artes marciais que decide se aposentar das competições após de um longo caminho de batalhas, e conhece uma garotinha indígena chamada Jaína, sua possível sucessora.

Essa é a primeira obra publicada do autor. “O prêmio é um grande incentivo aos quadrinistas, uma possibilidade a mais para que possamos mostrar nosso talento, termos o trabalho reconhecido, além de contribuir para a produção cultural nacional e o desenvolvimento do mercado de quadrinhos”, ressaltou Rubens.

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet