Olhar Conceito

Sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Notícias / Dr. Juliano Slhessarenko - Cardiologia

O que é e como acontece o infarto agudo do miocárdio?

Dr. Juliano Slhessarenko

18 Jul 2018 - 09:18

Foto: Divulgação

O que é e como acontece o infarto agudo do miocárdio?
Dona Maria, 66 anos vem ao consultório após saber que sua irmã mais nova teve infarto do miocárdio há 30 dias. Ela está preocupada pois sua pressão arterial está alta, colesterol alto e diabetes melitus descontrolado. Explico detalhadamente seu alto risco cardiovascular e necessidade de exames para avaliar o risco de infarto e necessidade urgente de medicação para o controle dos fatores de risco. Devemos estar atentos aos fatores de risco como:

Leia também:
Coração: a busca pela felicidade
 

1-hereditariedade: se na família existirem parentes próximos que tiveram infarto, angina ou foram operados do coração antes dos 60 anos, é preciso estar atento, porque aspectos genéticos são relevantes para o desenvolvimento da doença;

2-pressão arterial: controlar a pressão arterial e mantê-la em níveis adequados é fundamental para prevenir doenças cardíacas. Considera-se pressão arterial normal a que se encontra entre a máxima de 12 e a mínima de 8;

3- diabetes: o controle da glicemia (nível de açúcar no sangue) é indispensável, especialmente se a pessoa já for portadora da doença. Os diabéticos, às vezes, sofrem infartos subclínicos, que não provocam o sintoma convencional de dor no peito. Nesses casos, mal-estar, sudorese, náuseas e até vômitos são atribuídos a algum problema de menor importância;

4- colesterol: o controle do metabolismo das gorduras tem de ser sistemático e permanente. Existem medicamentos eficazes que ajudam manter o valor do colesterol total abaixo de 200 e elevar o nível de sua fração protetora, o HDL, conhecido como o bom colesterol. Exercícios físicos favorecem o aumento do HDL; o cigarro o diminui;

5- triglicérides: em geral, os triglicérides sobem quando há aumento da ingestão de carboidratos;

6- tabagismo: a nicotina é um dos mais agressivos fatores de risco das doenças cardiovasculares. Ficar longe do cigarro é a única opção para quem quer e precisa prevenir-se.
 
O ataque cardíaco (infarto) é a insuficiência de sangue oxigenado na área do coração devido a obstrução de uma artéria coronária. Por conta do sangue não conseguir fluir na região, o músculo entra em um processo de necrose, o que pode levar o paciente à morte.⠀

A obstrução da artéria coronária em questão normalmente acontece por conta de um coágulo de sangue que se forma acima da placa de gordura que reveste o vaso o que leva à impossibilidade do sangue em fluir (isquemia) e ocasionar, consecutivamente, a morte celular. ⠀

Condições, conhecidas como fatores de risco, como pressão alta, colesterol elevado, uso do cigarro e de drogas, diabetes, obesidade, sedentarismo, estresse e tendência familiar aumentam o risco de uma pessoa ter um infarto.⠀

Infarto é o mesmo que parada cardíaca?⠀

Não. Como explicado, o infarto é o baixo fluxo de sangue no músculo cardíaco decorrente de uma obstrução de uma das artérias do coração. Já a parada cardíaca acontece quando o coração para de bater, bem como de distribuir sangue para o resto do corpo. Por mais que um infarto possa causar uma parada cardíaca, as duas condições não são a mesma coisa.⠀
 
Se você tem um ou mais destes fatores de risco cardiovasculares procure um cardiologista e faça seus exames cardiológicos periódicos.


*Dr. Juliano é cardiologista intervencionista  da Santa Casa de Cuiabá (RQE- 2724) e atende na Clinmed (Coração em dia) Rua Jaques Brunini – Jd. Europa 36343888/999142255; no IOCI – Jardim Italia – 30277000; Doutor em Cardiologia pela USP

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Pardal
    18 Jul 2018 às 15:57

    Será por quê os médicos não dizem para ter um Equilíbrio de vida, uma vida espiritual melhor, e uma alimentação mais saudável?

Redes Sociais

Sitevip Internet