Olhar Conceito

Sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Notícias / Comportamento

Começou em 1978

Pioneiro no ramo de tatuagem em Cuiabá, Celso Tattoo morre aos 53 anos

Da Redação - Thaís Fávaro

22 Jul 2019 - 11:37

Foto: Arquivo Pessoal

Pioneiro no ramo de tatuagem em Cuiabá, Celso Tattoo morre aos 53 anos
Pioneiro na arte da tatuagem em Cuiabá, tatuando profissionalmente desde a década de 70, Celso Tattoo, 53 anos, faleceu no domingo (21), em Três Rios (RJ), onde morava atualmente. Celso havia sido internado para tratar uma úlcera gástrica e ao que tudo indica, a doença se agravou causando uma hemorragia. O tatuador era convidado especial do Tattoo Up Fest, festival que acontecerá nos dias 24 e 25 de agosto e que faria uma homenagem para Celso.

Leia mais
Cuiabá sedia evento com mais de 50 tatuadores de todo o Brasil
 
Atuando há mais de três décadas no segmento de tatuagem, Celso abriu a porta para esse tipo de arte na capital. Encarando diversos tabus e dificuldades, Celso conseguiu fazer seu nome e se tornou referência em uma época onde existia muito preconceito e falta de informação. Ele criou uma cartela extensa de clientes e marcou o inicio da profissão no Estado.

O organizador do evento, Jacson Tattoo, conta que foi pego de surpresa com a notícia da morte de Celso e que o aguardava para a convenção de tatuagem no próximo mês. “Recentemente eu conversei com ele e o convidei para vim na convenção e ele topou na hora. Falei que iríamos nos divertir e ele até brincou que iria ensinar os tatuadores recentes como se fazia uma tatuagem sem notebook, sem tecnologia nenhuma, então seria um encontro da velha geração com a nova geração, hoje em dia a gente faz uma tatuagem de forma muito diferente do que era feito na época”, diz.
 
Jacson já havia combinado com a filha e o genro de Celso para realizar uma grande homenagem para o amigo durante o evento. “No dia 25 de agosto seria o aniversario dele, ele iria comemorar o aniversário na convenção. Já estava tudo combinado para o netinho dele entregar um troféu de reconhecimento pelo trabalho e a importância dele para nós tatuadores. Mesmo após a notícia da sua morte, os outros tatuadores quiseram manter a homenagem e vamos entregar o troféu para os seus familiares”, afirma. Confira mais sobre o evento aqui
 
No facebook diversas pessoas deixaram depoimentos lamentando a morte do amigo. “Queria escrever tanta coisa, mas, nesse momento, a tristeza me impede. O que me consola é saber que você é uma boa pessoa e estará em bom lugar. Luz no seu novo caminho, mano”, diz um dos comentários.
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet