Olhar Conceito

Segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Notícias / Comportamento

Santuário de Chapada receberá três elefantas africanas nos próximos seis meses

Da Redação - Isabela Mercuri

05 Jul 2020 - 10:33

Foto: Tomas Francisco Cuesta

Kuky está com a roda e Pupy à frente

Kuky está com a roda e Pupy à frente

Três elefantas africanas, Kuky, Pupy e Kenya, serão transferidas para o Santuário de Elefantes de Chapada dos Guimarães ainda neste ano, e se juntarão às atuais residentes, que são asiáticas. Por serem de espécies diferentes, no entanto, será necessária a construção de um habitat separado para elas.

Leia também:
Santuário em Chapada dos Guimarães recebe mais uma elefanta nesta semana 

Segundo informações do Santuário, duas das elefantas, Kuky e Pupy, vivem atualmente em Buenos Aires, na Argentina. Na última quarta-feira (1) a cidade assinou um decreto oficial sobre a transferência delas.
 
As duas chegaram ao parque em Buenos Aires em 1993. “Estamos muito contentes em poder trabalhar com a equipe de Buenos Aires, novamente, e aguardamos ansiosamente as duas adoráveis meninas”, afirmam os responsáveis.
 
Ainda será necessário completar a fase inicial do habitat das africanas. Kenya será a primeira a vir, do Ecoparque de Mendoza. Kuky e Pupy devem chegar a Chapada em no mínimo seis meses.

Santuário

Localizado no distrito de Rio da Casca, município de Chapada dos Guimarães, a 110 km de Cuiabá, capital de Mato Grosso, o Santuário tem área de 1,1 mil hectares. A vegetação é típica de Cerrado.

Sua implantação e funcionamento contam com apoio de duas instituições internacionais dedicadas a elefantes. A Global Sanctuary for Elephants (GSE) dá suporte à implantação de santuários e treinamento para tratadores. A ElephantVoices pesquisa comportamento de elefantes na natureza.

Toda a manutenção do projeto vem de doações e a colaboração pode ser feita de diversas maneiras e com qualquer valor. Para ajudar, acesse o LINK.

Outras habitantes

Maia e Guida foram as duas primeiras elefantas residentes do Santuário de Elefantes Brasil (SEB), que chegaram em 2016. Em junho de 2019, no entanto Guida faleceu.
 
 A terceira a chegar foi Rana, que desde 2012 vivia em um hotel fazenda próximo a Aracaju, em Sergipe, mas já viajou por todo o mundo com o circo. A chilena Ramba desembarcou em Chapada no último dia 18 de outubro e, em novembro de 2019, foi a vez de Lady, vinda de João Pessoa.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet