Olhar Direto

Quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Notícias / Política MT

Taques nomeia mais dois policiais para diretorias do Detran; arrecadação diária supera R$ 1,5 mi

Da Redação - Ronaldo Pacheco

15 Jan 2015 - 10:08

Foto: Reprodução Diário Oficial

Taques nomeia mais dois policiais para diretorias do Detran; arrecadação diária supera R$ 1,5 mi
Mesmo tendo tomado extremo cuidado para não utilizar palavras de efeito como “devassa” ou mesmo “caixa preta”, o governador José Pedro Taques (PDT) não fez a mínima cerimônia para nomear mais dois delegados da Polícia Judiciária Civil em diretorias do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT). O governador deseja que o órgão seja “passado a limpo”, já que arrecada mais de R$ 1,5 milhão por dia e não presta um serviço condizente à sociedade, sendo alvo de inúmeras reclamações durante o mandato do governador Silval Barbosa (PMDB).

Leia também:
Taques resiste a pressão de aliados e insiste em perfil técnico para segundo e terceiro escalão
 
A reportagem do Olhar Direto apurou que o novo presidente do Detran, Rogers Elizandro Jarbas, teve influência direta na escola do delegado Arnon Osny Mendes Lucas para a Diretoria de Gestão Sistêmica e do também escrivão Fernando Martin Lopes para a Diretoria de Habilitação. Já a servidora pública Talita Peske Rodrigues ocupa a Diretoria de Veículos. As nomeações foram publicadas no Diário Oficial do Estado online que circulou nesta quinta-feira (15) com data de ontem (14).

Fernando Martin Lopes deixou a gerência de inteligência da Polícia Judiciária Civil para assumir a Diretoria de Habilitação. Arnon Osny Mendes também já passou pelo setor.
 
Foram exonerados os antigos diretores do governo Silval, no Detran: Thânia Zanette (Gestão Sistêmica), Carlos Roberto Ribeiro Miranda (Veículos). Os demais, inclusive o presidente Eugênio Ernesto Destri, haviam  sido demitidos em 31 de dezembro.
 
A principal crítica recebida por Taques é de que, apesar de arrecadar mais de R$ 1,5 milhão por dia, o Detran presta um serviço de má qualidade e,  nos últimos anos, foi controlado por grupos políticos ligados aos governantes de plantão.  Rogers Elizandro Jarbas chegou promovendo mudanças:  fechou numa ‘canetada’  10 lojas espalhadas por Cuiabá, Várzea Grande e alguns municípios, que supostamente atenderiam  interesses nada republicanos.

16 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • João Carlos
    17 Jan 2015 às 03:44

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • João Carlos
    17 Jan 2015 às 03:34

    Penso que antes de reclamar, as pessoas deveriam verificar as informações que são repassadas por pessoas que desconhecem a realidade. Visitem o site do Detran ( http://www.detran.mt.gov.br/noticias/4173/relatorio-de-gestao-2014 ), lá vocês iram verificar que dos mais de 300 milhões arrecadados pelo Detran no ano passado, quase 60% ficou retido na Sefaz. O que esperamos do Sr. Governador, é que de fato ele compra a Legislação, fazendo com que esta Autarquia possa gerir seus recursos e fazer as melhorias necessárias para atender a população. E quem sabe até diminuir os valores absurdos destas taxas. É isso Sr. Governador: Cumpra e faça cumprir a Lei. Um órgão que arrecada mais de 300mi, e investir pouco mais de 500 mil em obras e reformas... P I A D A né. Devolva ao Detran a autonomia de gerir seus recursos

  • pezao
    15 Jan 2015 às 20:48

    Mas vai ter gente sem dormir por muito tempo...vai acabar a anarquia! Parabéns governador.

  • LUIZ CARLOS
    15 Jan 2015 às 15:03

    O MP reclama de falta de promotores A defensoria e a Policia Civil também reclama da falta de profissionais mas o governador tira-os da função para continuar investigando como fazia no MPF. Quando começará a governar? Esse harry potter...

  • ATIVISTA
    15 Jan 2015 às 14:09

    Esse é meu governador, o resto é resto! Toma cambada de safados, achavam que a farra com R$ público ia continuar??!!!! SQN!

  • RESPOSTA PARA Junior
    15 Jan 2015 às 14:06

    Junior, o "pavão" é O REI DA COCADA PRETA, só vc não percebeu ainda ou NÃO quer aceitar! Inveja e dor de cotovelo não mata, mas incomooodaaa... e o pior é que incomoda só quem sente! O Excelentíssimo Governador Pedro Taques continua o mesmo, homem de caráter, de respeito, honesto e agora MAIS PODEROSO DO QUE ANTES!!!! Ah antes de vc se morder verifica se consegue um soro antiofídico, assim, só por precaução)!

  • Paulo
    15 Jan 2015 às 13:28

    Se aquilo ali virar delegacia de polícia, melhor ainda......kkkkkk.........o órgão é fraco, evaporam as arrecadações, péssimo atendimento, péssimas instalações, conchavos de todo lado, etc, etc, etc.......quem pode discordar dessas nomeações?????........Faça-me rir......

  • João Moessa de Lima
    15 Jan 2015 às 12:55

    André Silva antes tínhamos desvio de dinheiro agora temos desvio de função com desvio de dinheiro, veja na saite do Detran/MT a prestação de contas de 2014 dos mais de R$ 301.000.000,00 que Órgão arrecadou fico com apenas pouco mais de R$ 117.000.000,00 resto foi todo desviado e esta farra vai continuar este ano deve ser ainda maior uma vez que vem aumento de taxa a partir de abril.

  • João Paulo
    15 Jan 2015 às 12:39

    Virou sucursal da PJC?

  • Fernandes
    15 Jan 2015 às 12:37

    Eu acredito que o governador está usando as medidas necessárias para melhorar para todos interessados. Tem que limpar a casa mesmo, chega de apadrinhamento neste orgão, que estejam no cargo aqueles que tenham competência!!!

Sitevip Internet