Olhar Direto

Segunda-feira, 30 de março de 2020

Notícias / Política MT

Governo tenta assediar deputados de Maluf e Savi; estrutura do governo pode ser usada como moeda de troca

Da Redação - Arthur Santos da Silva

20 Jan 2015 - 08:30

Foto: José Medeiros/Secom MT

Governo tenta assediar deputados de Maluf e Savi; estrutura do governo pode ser usada como moeda de troca
O governo do estado entrou de vez nas discussões da eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa (AL). Com a resistência do deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB) em ceder a pressão para retirar o republicano Mauro Savi (PR) do cargo de primeiro secretário, o Executivo resolveu assediar parlamentares que apoiam o tucano. Nos últimos dias, vários deputados receberam ligações diretas de interlocutores do Palácio Paiaguás. Alguns teriam recebido, inclusive, oferta de cargos na administração estadual em troca da mudança de lado.

Leia mais
Paulo Taques nega articulação para qualquer lado em eleição da Mesa Diretora da Assembleia
 
“A pressão é grande. Essa questão do Mauro Savi não tem jeito, o Pedro não aceita. Ele não quis dizer diretamente ao deputado, mas não aceita. Recebi duas ligações no final do semana, só que eu sou homem de palavra, de horar o fio do meu bigode. Não costumo jogar esse tipo de jogo e não mudo de lado”, disse um deputado da base aliada de Taques a reportagem do Olhar Direto, que preferiu não ter seu nome revelado para não sofrer retaliações.
 
Fontes do Palácio Paiaguás informaram que alguns deputados passaram pela sede do governo no final de semana e o governador agendou reuniões individuais para os próximos dias. O primeiro deles é o pedetista Leonardo Albuquerque, que se reúne hoje (20) com o chefe do Executivo. Leonardo é medico, tem longa amizade com Maluf e Mauro Savi, e já teria firmado apoio a chapa dos dois.
 
A investida do Executivo contra a chapa de Maluf é um recibo ao fortalecimento da mesma no processo eleitoral. O grupo já reúne pelo menos 14 votos e caminha para chegar a 16 até o final da semana. Do outro lado, Emanuel Pinheiro (PR) se sustenta no seu bom relacionamento com o secretário chefe da Casa Civil, Paulo Taques, para tentar formar uma chapa. Porém, não goza da confiança dos colegas de pleno. 
 
Seu candidato a primeiro secretário, Eduardo Botelho (PSB) se desmotivou após o vazamento de um áudio em que ele é flagrado falando muito mal do governador Pedro Taques (PDT), do senador Blairo Maggi (PR) e do deputado federal Nilson Leitão, presidente do PSDB.  

8 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • jose carlos
    20 Jan 2015 às 13:07

    ja tem ate secretario com esposa trabalhando no governo com cargo e DGA 2, começou as coisas erradas

  • Alexandre
    20 Jan 2015 às 12:38

    ele criticava o Silval e a Dilma, faz igual

  • sergio
    20 Jan 2015 às 12:15

    na verdade ta rolando muito dinheiro tudo farinha do mesmo saco.......lastimavel...

  • Jaqueline
    20 Jan 2015 às 10:58

    Senhor Governador Pedro Taques, o sr. mais do que ninguém, deveria saber que os Poderes são, constitucionalmente, independentes. Pelo jeito, a sua ânsia de dominar tudo é maior que a sua palavra não é mesmo? Ou tudo isso é medo de ter alguma resistência na AL??? Coerência é bom, pelo menos de vez em quando.

  • Candelaria Montheiro Campos
    20 Jan 2015 às 09:55

    O que se diz NOVO com praticas velhas! Tudo igual.

  • antonio neto
    20 Jan 2015 às 09:36

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • carlos
    20 Jan 2015 às 09:26

    se essa e nova forma de fazer política negociando cargos com deputados para mudarem o voto. Parabéns ao Governo Taques não tem DIFERENCA NENHUMA DOS ANTERIORES. Ja vi para onde vai o nosso Estado

  • capiau
    20 Jan 2015 às 09:21

    Já começou, é tudo iguá!kkkkkk

Sitevip Internet